09ABR11 - CRICRI (POR SALMON FLORES)

08/04/2011 21:32

Valmir Guedes
Li no blog do irmão e amigo Valmir Guedes: “Ouvi numa esquina... Tem político na Laguna que parece recém-nascido.
- Por quê?
- Só faz merda atrás da outra”.

Trololó
Para quem como eu, chegou a pensar que Toninho Trololó ficaria sem a teta da “préfa”, se enganou. Na Secretaria de Trânsito ele era o chefe, nada fazia e recebia como secretário. Agora ele será Assessor Especial, vai continuar não fazendo nada e recebendo a mesma bolada.

Odalisca
Uma pessoa que comanda um poder Legislativo Municipal deve ser alguém que tenha caráter, palavra e seja descente.  Jamais mentiroso e cagão. Decência em política é algo cada vez mais raro. Raridade que inexiste numa certa Câmara Municipal de vereadores de uma cidade praiana. Faço minhas as colocações do Guedes: “Só faz merda atrás de merda”.

MYLENE SALGADO
Jornalista vem sobrevivendo ao cargo de assessora de Imprensa da SDR de Tubarão por longo tempo. Entra secretário e sai secretário, entra governo e sai governo e a Mylene segue firme por lá. Por maldade, seguramente, algumas pessoas pródigas do poder subterrâneo, começam a questionar a força da colega que a mantém no cargo. E fazem isso por maldade, inveja e dor de cotovelo. Mylene é competente, amiga e franca ao PMDB. Reside, portanto neste tripé e a lealdade ao deputado Edinho, o segredo de sua sobrevida numa função cobiçada. 

Audácia I
A presidente da Câmara de Vereadores de Orleans, Suzelei Brighenti Padilha, a “Lela” mudou muito depois que assumiu o poder daquela Casa Legislativa. Leais amigos que muito ralaram lhe apoiando, hoje Lela sequer retorna ligações.

Audácia II
Quando Lela era vice-presidente, ganhou espaço na sala da então presidente Nice, onde foi colocada uma mesa para que ambas pudessem decidir unidas e em despacharem em grupo. Depois que foi eleita, com apoio da ex-comandante, Lela mandou retirar a mesa de sua sala, colocando num corredor junto ao acesso ao Arquivo da Casa do Povo. Depois dizem que o poder não muda as pessoas. Por essas e outras, bastante chateada e em silencio, Nice pouco tem comparecido a Câmara. Já tem vereador com saudades da Nice na presidência. Atitudes pequenas que só enfraquecem politicamente.

Pedro Orbem
Vereador do PMDB de Orleans disse que tem saudades da época em que Osvaldo Cruzeta (Vá) presidia a Casa do Povo de Orleans. Porque será que Pedrinho se manifestou assim ao próprio Vá? Ele pertence ao grupo que escolheu Lela. Estaria arrependido, como tantos que apoiaram o casal Padilha?

Aliança por Orleans
PP/PMDB/PDT e uma parte do DEM, poderão estar juntos no palanque nas próximas eleições. São lideranças de peso que já não suportam mais tanta arrogância em Orleans. O arranjo feito entre José Nei Ascari, Dóia, Tebaldi, Lela, Lussa e o próprio Padilha, que deve interferir nas eleições municipais do próximo ano, irritaram especialmente os lideres do PMDB. Eles simplesmente não querem saber mais de Padilha e até admitem a construção de uma via, com Bratti, Celso, Miguel, Cristovão e o próprio Tinto num mesmo palanque. A possibilidade de ver Lussa/Lela numa campanha para prefeito, colocou muita gente com as barbas de molho. Uma gravação de entrevista concedida por Lussa numa emissora local, onde ele fala em recursos para uma campanha, esnobando valores, etc... poderá atrapalhá-lo na ambicionada trajetória. Quem viver, verá!

SDR Laguna (1)
A complicada atuação junto a GERED da SDR de Laguna, resultou numa gama de processos judiciais contra Edna Oliveira de Medeiros que, além de ações públicas, impetradas por professores estaduais e denunciadas pelo Ministério Público, ainda sofre ação penal sumaríssima após denúncia do Ministério Público cuja audiência de instrução e julgamento já está marcada para o dia 26 de maio, às 14 horas, no Fórum de Laguna. Edna também foi indiciada em inquérito policial e também a ação pública movida pelo município de Laguna por irregularidades cometidas enquanto no cargo.

SDR  de Laguna (2)
Processos em nome da parte Edna de Oliveira Medeiros, somente no Fórum de Laguna:

040.10.005254-1 10/11/2010 Ação Civil Pública 1ª Vara Cível
 (0005254-39.2010.824.0040)
  Ré: Edna Oliveira de Medeiros

040.10.003051-3 02/07/2010 Inquérito Policial Vara Criminal
 (0003051-07.2010.824.0040)
  Indiciada: Edna Oliveira de Medeiros

040.10.002015-1 10/05/2010 Indenização por Danos Morais 2ª
Vara Cível
(0002015-27.2010.824.0040)
  Ré:   Edna Oliveira de Medeiros  

040.10.001427-5   14/04/2010   Ação Penal - Sumário   Vara Criminal
(0001427-20.2010.824.0040)
  Vítima:   Edna Oliveira de Medeiros  

040.10.000843-7   22/02/2010   Ação Penal - Sumaríssimo   Vara Criminal
(0000843-50.2010.824.0040)
  Acusada:   Edna Oliveira de Medeiros  

040.10.000138-6   12/01/2010   Oposição (art. 60, do CPC)   1ª Vara Cível
(0000138-52.2010.8.24.0040)
  Oposta:   Edna Oliveira de Medeiros  

040.05.004306-4   18/11/2005   Ação Civil Pública   2ª Vara Cível
(0004306-73.2005.8.24.0040)
  Requerida:   Edna Oliveira de Medeiros  

SDR (3)
A gestão do engenheiro Mauro Candemil na secretaria da SDR de Laguna foi problemática e, segundo fontes que não querem se identificar para não receberem futuras retaliações, um granjeiro de nome Roque, da cidade de Imarui, estava lotado com cargo de confiança na SDR de Laguna, não comparecia ao trabalho, mas recebia R$ 2.500,00 por mês. O mais grave é que, diz a fonte, o secretário é que abonava as faltas sem problemas. Outro caso absurdo também é o fato de que num determinado cargo de confiança, um assessor com apenas o quinto ano do 1º grau, recebia polpudo salário e que ainda recebia gorjetas de vereadores, inclusive do atual presidente da Câmara. Dizem, mas eu não confirmo de que o Edil continua molhando a mão do cara com R$ 500,00 para ficar de boca calada e não criticá-lo.

PMDB de Laguna
Os atritos, que não são de agora, entre o vereador Antonio César da Silva Laureano, o “Tono Laureano” com o presidente da Câmara de Vereadores de Laguna Everaldo dos Santos parece que já está respingando na própria sigla e no presidente do partido no município, Antonio dos Santos, coincidentemente, irmão de Everaldo. Disseram-me que até a sede do partido deverá sair do local onde está, em frente à sala onde o Tono tem seu escritório. Parece que haverá despejo.

APAE de Laguna
É verdade que cinco professores da Apae de Laguna não receberam seus salários por incompetência da Gered? Parece que não enviaram a documentação em tempo hábil.

Orleans
As eleições municipais de Orleans deveriam passar por Marco/PMDB e Valmir/PP. E neste caso, definição da cabeça, só através de uma pesquisa isenta e séria. Mas Lussa vem marchando, procurando agir com poucos erros, talvez precisando ouvir mais na questão da escolha do vice. Uma boa costura com o PP e PMDB, empurraria o PSDB para uma viuvez definitiva. Hoje os Tucanos estão mais interessados em se manter em cargos do que construir uma história bonita para a cidade. Linda como aquela que foi iniciada por Adolar Carboni Librelato (Lali) de saudosa memória. Uma possível recondução de um Librelato no cargo de Prefeito, é possível e Lussa é o membro da família que almeja o posto. Só ele é capaz de reparar a trajetória que foi interrompida quando da eleição de Gelson Padilha, que culminou com uma cassação histórica. O bom para o Lussa é que o ex-prefeito Valmir Bratti não dificultaria, até porque ambos possuem negócios no ramo imobiliário juntos no Litoral. O lado ruim, é a aparente aliança com Padilha e Lela, adversários históricos da família. Alguém precisa dizer ao Lussa que esse caminho não é o melhor. No grupo que sempre apoiou Lali e Lussa, tem gente de pedigree, e portanto, nada justifica essa aproximação que apenas manteve Padilha empregado. Uma rádio comunitária que vem ai, vai provar que o que querem é continuar na crista da onda, e para isso, pisam até mesmo em amigos e correligionários. Ou será que os Tucanos do alto-vale não tem nomes para a regional de  Braço do Norte? Lussa vem se preparando para o embate, mobilizando pessoas e o comitê financeiro. Mas deve repensar quem ele pretende colocar no ninho. Eu jamais colocaria um raposa para cuidar do meu galinheiro. 

 


Capital Federal


O diretor executivo da Acit, Antonio Carlos Silvério, o secretário de Cultura e Esportes do município de Tubarão, Caio Tokarski e o diretor da Joyn Town, Henrique Mello estiveram na semana que passou em Brasília, na busca de apoio para a realização da VIII Feincos (Feira da Indústria, Comércio e Serviços), que acontece em Tubarão de 25 a 29 de maio. Eles foram recebidos pelos deputados federais Edson Bez de Oliveira, Ronaldo Benedet, Mauro Mariani e Jorge Boeira e pelo secretário de relações institucionais da Presidência da República, Cláudio Vignatti (foto). Eles participaram ainda de reunião com a presidência dos Correios e com a gerência nacional da Caixa Econômica Federal.


 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!