11dez10 - Comunidade (por Munir Soares)

10/12/2010 22:11

 FLUMINENSE – CAMPEÃO BRASILEIRO

Acabou o tempo de espera, inverno de nossas desesperanças. Adeus ao medo dos rebaixamentos ou de fantasmas como o “LDU”. O FLU é campeão Brasileiro. Os jovens torcedores colocaram as camisas tricolores, desfraldaram as bandeiras e dançaram na rua. Como diria o meu neto Manoel Olavo, 18 anos:

___ O primeiro campeonato a gente nunca esquece!

Defronte à lanchonete “Mix” na praia do Mar-Grosso, o caminhão de mudanças do “Toalha”, abriu a carreata. Brandl Pneus (Cabeça) garantiu o som da avenida. No telão do restaurante da Rodoviária, BABÁ, torcedor veterano do Flu, comemorou o chute certeiro do Emerson, com um grito de goooool, entornou o copo e deixou a cerveja escorrer garganta abaixo, suavemente. Mesmo sendo católico praticante, sem medo de ser excomungado, soltou a frase, irreverente:

___ Gente, isto é melhor que uma missa!!! 

Com Telê Santana, o Fluminense foi uma equipe técnica, a caminho da perfeição. Com Muricy nasceu um time de guerreiros e uma torcida vibrante e fiel, mesmo na adversidade. E foi neste ambiente que surgiu Conca, um argentino de baixa estatura, mas um gigante em campo, mesclando a raça portenha com o toque refinado dos craques brasileiros. Como diria Nelson Rodrigues, Conca afugentou de vez, o complexo de vira-lata que levava a equipe a “amarelar” nos momentos decisivos. Conca é um jogador que joga “de pé”, sem rolar pelo gramado, fazendo careta, simulando contusões, hábitos corriqueiros entre os jogadores brasileiros. Único atacante a disputar todas as partidas do brasileirão, sem expulsão ou férias no Departamento Médico. Craque do campeonato. Sem contestação. Um exemplo a ser imitado.

 

FLUMINENSE - CAMPEÃO BRASILEIRO 2010.

Milonga com pó-de-arroz ao som de Gardel e Zeca Pagodinho.

 

PISOU NA BOLA

A festa do futebol brasileira estava bonita. Presença de grandes personalidades do esporte e da política, inclusive o presidente Lula. Tudo numa boa até que o presidente do Corinthians, despeitado, fez uma alusão maldosa ao clube tricolor. Ganhou uma estrondosa vaia. Sem saber onde enfiar o microfone, abandonou o palco pela porta dos fundos.

 

POLÍTICA GASTRONOMIA DAS URNAS – Divisão dos cargos de acordo com o apetite dos eleitos.

Traição - Eles foram eleitos, deputados e senadores. Percorreram todo o estado. Foram manchetes em toda a mídia.Gastaram dinheiro público, de terceiros e do próprio bolso.Prometeram lutar pelo povo, na Assembleia Legislativa, na Câmara dos Deputados e no Senado da República. Dois meses depois da eleição, antes mesmo de tomarem posse já estão traindo o povão, rasgando o discurso, trocando o mandato em troca de secretarias ou ministérios. Deveriam, isto sim, renunciar ao mandato, em respeito às suas próprias convicções e ao voto do eleitor. Reforma política, JÁ!

 

GASTRONOMIA DAS URNAS - 2 - A MESA ESTÁ POSTA

Os glutões políticos estão de olho nos pratos oferecidos pelas Secretarias Regionais. Cada um puxando a brasa para a sua sardinha. Prefeito de Imbituba estaria de olho na 19ª SDR (Laguna). O homem é forte, poderá emplacar o nome do Secretário Regional. 

 

MAQUIAVEL

Continua a briga por cargos, tanto a nível federal quanto estadual. Assim dizia Maquiavel em sua obra “O Príncipe”: 

“__ Não é algo de pouca importância para um príncipe a escolha de seus ministros, os quais serão ou não serão bons conforme a sensatez que ele revelar. O primeiro juízo que, por conjetura formamos das faculdades intelectuais de um soberano ampara-se no conceito que fazemos dos homens que ele tem em torno de si.

Quando estes são capazes e fiéis, podemos reputá-los indubitavelmente inteligente, porque soube reconhecer-lhes as capacidades e conservá-los fiéis. Todavia, quando estes assim não são, deste soberano realmente não podemos fazer bom juízo, visto que o seu primeiro erro ele já o cometeu nessa escolha”.

Moral da história: Uma equipe mal escolhida acaba levando o soberano para o brejo

 

FINALMENTE UMA BOA NOTÍCIA

Temos nosso campus universitário com os cursos de Arquitetura e Engenharia de Pesca. A UDESC inaugurou neste final de semana suas modernas instalações em Laguna, ao lado do ginásio de esportes.Obra que teve as digitais do vice-governador Eduardo P. Moreira.

 

CHAFARIZ HOTEL

Pronta para receber turistas. Localizado no meio de um bosque, em pleno centro histórico oferece aos visitantes um remanso de águas paradas, cristalinas. Sem repuxo e nem esguicho. Mosquitos da dengue terão preços especiais.

 

CAPITANIA E O PORTO DE IMBITUBA

Família Catão (Docas de Imbituba) administra o porto desde 1942. Concessão acaba ano que vem. A Brasportos, um dos atuais concessionários deverá investir cerca de R$ 250 milhões em novo cais de atracação e equipamentos. A licitação para explorar o terminal de contêineres ficou em torno de R$120 milhões. Dragagem do canal deverá passar de 11,5 metros para 14 metros e receber grandes navios. Obra orçada em R$ 55 milhões. Fábrica de cimento Votorantin deverá ser inaugurada em meados de 2011.

Aquele porto está sob a jurisdição da Delegacia da Capitania dos Portos sediada em Laguna. Por motivos óbvios, a transferência da Delegacia para aquela cidade é uma questão de tempo. Ao pessoal da terrinha cabe o direito de espernear.

 

ARIGATÔ

Karin Bacha, assessor do Ministro da Pesca está no Japão, representando o governo brasileiro com a missão de contratar frota de barcos atuneiros cada um medindo 50 metros de comprimento e equipados com câmaras de congelamento rápido, para atuar na região sul. Pescados serão descarregados nos portos do nordeste do Brasil.

 

PAPO NOS MOLHES DA BARRA

___ Que pena que esses atuneiros não possam descarregar no nosso porto.

___ Em Laguna a barra permite somente a entrada do “atum-flandres”...

___ Que diabo de atum é esse?

___ É o que já vem enlatado. Os barcos ficam fora da barra, dão corda e soltam as latinhas que navegam até o cais do porto. Independem de calado.

 

SOLIDARIEDADE NÃO TEM HORA

O “Recanto Paraíso” é o refúgio preferido de muita gente aqui da terrinha: Alvinho Sebolt e família, Dr. Bacelar, Zique, Cadorin e Ivete, Brás e Alexandro, Robson (Floricultura Amboni), Zé do açougue e tantos outros. O “Recanto” é o antigo sítio do Alcântara situado num bosque na praia do Gi, entre do rio do Gi e a estrada que leva à Pedra do Frade. Tranquilidade e paz. Churrasco e pescaria. Passeio de pedalinho e, com sorte, a companhia de jacarés, velhos moradores do lugar. Certa ocasião em que o “GPS” do co-piloto Zique já estava avariado, interferência etílica a impedir o contato como satélite, Alvinho Sebolt atrapalhou-se ao volante e atolou-se nas dunas. Robson, solícito, mesmo àquela hora da noite, tratou de providenciar um guincho. Amigo é para essas ocasiões e a solidariedade é um dos nobres requisitos da amizade. Evitando futuros desvios de rota, a dupla aproveitou carona no reboque, até em casa.

Algumas semanas depois, Alvinho, deitado, assistia a um jogo do Fluminense quando o telefone tocou.

___ Alô! Quem é?

___ May day, may day. Help!

___ Quem é po….

___ É o Robson, estou no Recanto, inteiramente atolado...

Eram 22 horas. Alvinho sai, busca o jeep e parte em socorro do amigo. Solidariedade não tem hora. Pé na taboa. Cruza a área do Laguna Internacional, entra pela estrada de chão. Havia uma tênue neblina. Olhos atentos. Nenhum corpo estranho nos cômoros. 

___ Onde esse cara estava? 

Chegou à entrada do “Recanto”. Nenhum veículo à vista. Ficou preocupado. Teria sido seqüestrado com carro e tudo? Encontrou o Robson no bar, tranqüilo, de copo na mão.

___ Não estavas atolado?

___ E estou, ATOLADO na cerveja...

___ Sacanagem, berrou Alvinho, descarregando um rosário de palavrões.

Minutos depois já estavam comemorando ao som de brindes e meia dúzia de “saideiras”. Solidários, saíram do Recanto, atoladinhos...

 

POR UM FIO

Os ladrões de fios de cobre continuam em ação. Preferem atuar em áreas isoladas, como a rua Costa Carneiro, praia do Gi, acesso à praia do Sol e Morro da Glória. Na terça-feira à noite, quando o sinal da TV Globo saiu do ar, um amigo nosso, funcionário da Celesc avisou:

___ Sinal não volta mais hoje, são os ladrões de fio atacando novamente.

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!