12mar16 - Tubarão: Edson Firmino quer melhoria e urgência no combate a Dengue

11/03/2016 09:47
O governo de Santa Catarina lançou na última semana um aplicativo chamado ‘Dengue SC’, para que a população ajude a monitorar os focos do mosquito no estado. Com um celular com acesso à internet, o usuário poderá informar sobre possíveis focos da dengue. Para cientificar as autoridades, a pessoa deve fotografar o local e se identificar com nome, telefone e cidade para facilitar o contato das equipes que vão se deslocar até o ponto da denúncia. Os dados são encaminhados para a sala de situação da Vigilância Epidemiológica do estado, em Florianópolis, que aciona a equipe local para a verificação. Preocupado também com a situação da dengue no município, o presidente da Casa das Leis de Tubarão, Edson Firmino (PMDB) apresentou um requerimento na sessão de segunda-feira (7), onde pede informações do prefeito Olávio Falchetti e do Secretário Executivo da Agência de Desenvolvimento Regional, Caio Tokarski de como está esse processo de cadastramento e capacitação dos agentes para a utilização do aplicativo. Como justificativa Firmino, relatou falhas no retorno às denúncias apresentadas e que muitas vezes o próprio aplicativo não funciona. 
“Vejo quanto nós estamos despreparados para esse combate, porque nós temos poucos pontos, de fato, sendo pesquisados. Mais de 1.800 tentativas de informações frustradas, segundo o Jornal do Almoço. Então a minha preocupação é que não foi falado de Tubarão, pelo menos na parte da reportagem que eu vi, não foi falado nada em relação a nossa cidade, quanto ao combate e a prevenção da dengue. Fiquei extremamente chocado em ver tantas pessoas enviando a informação e as mesmas não chegam ao destino final. Nós temos que melhorar e ampliar esse serviço, com um cadastro correto’, disse o presidente. 
 
Edson Firmino: “Parabéns pela iniciativa do “SC Dengue”, só falta funcionar direito”   

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!