14maio11 - Orleans: Caso do desvio de recursos da APAE continua tendo desdobramentos

13/05/2011 17:26

 Por causa da entrada na Câmara de Vereadores de Orleans de um projeto de Lei, de origem do Executivo, para definir o repasse das verbas para a APAE, cujos numerários teriam sido direcionados ilegalmente para outro setor, por parte da Secretaria Municipal de Saúde, o vereador Osvaldo Cruzetta, o "Vá"disparou sua metralhadora sobre o secretário da Saúde. “Alertamos sobre o ocorrido na questão dos recursos que seriam destinados para a APAE. Tivemos uma reunião pedida pelo secretário da Saúde para fazer esclarecimentos. Entristece-me muito às ações e que o secretário, que foi importado de Criciúma, disse. Ele quis tapar o sol com a peneira e fazer com que os vereadores fizessem vista grossa. Os recursos deveriam ser repassados todos os meses para APAE que presta serviços relevantes para a região. Pergunto, será que três vezes assinaram termo aditivo e não sabiam que o dinheiro era para a APAE? Isso não convenceu. Não me conformo que um secretário da Saúde e o próprio prefeito não sabem que o dinheiro era para a APAE. Quero saber se o secretário vai pagar os recursos. Não vamos legitimar erros e falhas de ninguém. Tenho certeza de que todos os vereadores pensam da mesma maneira. Isso é tapar o sol com a peneira e pensar que aqui tem vereador cego", esbravejou Vá. O vereador Mario Coan disse que teve a coragem de levar a tona o assunto numa sessão da Câmara, mesmo não tendo certeza da denúncia. "Desafiei, e se nada der, tem de se instaurar o processo jurídico. Embora determinadas instituições da Justiça costumem tardar, mas não falham. Às vezes fogem aos olhos das pessoas esse tipo de caso. Essa questão da APAE é um caso de improbidade administrativa. Deveria o MP e a Procuradoria Geral da República investigar o caso e dar ênfase a nível nacional para servir de exemplo. Não vai causar impacto da vergonha. Temos é que moralizar", citou o vereador tucano.

Vereador Vá: “Ele quis tapar o sol com a peneira e fazer com que os vereadores fizessem vista grossa”.

Vereador Mário Coan: “Essa questão da APAE é um caso de improbidade administrativa”.

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!