16abr11 - Lela Padilha usa blog da Câmara de Orleans para alfinetar colegas vereadores

15/04/2011 18:42

 Numa clara demonstração de revanchismo e sem tato democrático, a presidente da Câmara de Vereadores de Orleans, Suzelei Brighenti Padilha (Lela), usou o blog do Legislativo (http://www.orleanscamara.sc.gov.br/) para colocar em xeque a opinião e o desejo de seus pares naquela Casa. Tudo por conta da derrota sofrida na última sessão de segunda-feira (11) quando o projeto de Resolução, de sua autoria, foi negado pelos demais vereadores por 6 a 1, onde sequer a própria presidente apresentou o seu voto contando apenas com a simpatia de seu colega tucano, Mário Coan. Na matéria, ela cita que “os vereadores da Câmara de Vereadores de Orleans se reuniram no ultimo dia 11 para mais uma sessão ordinária, dentre as deliberações um projeto de Resolução da vereadora e atual presidente da Câmara Lela Padilha, que acabou chamando a atenção pelo resultado inesperado obtido na votação. O projeto dizia respeito à normatização e a regulamentação da forma de realização das reuniões itinerantes dentro do município de Orleans. Para melhor compreender o assunto, reuniões Itinerantes são sessões legislativas que acontecem fora do recinto do legislativo, mais precisamente em comunidades e bairros, buscando atingir objetivos que auxiliem a solução dos problemas comunitários. No início do ano, quando da posse, a atual presidente Lela Padilha colocou que uma das suas metas era tentar aproximar mais o legislativo das comunidades, através destas sessões. Para tanto, elaborou projeto de resolução para que as sessões já previstas no regimento interno da casa pudessem ser deliberativas. Surpreendentemente, 06 vereadores votaram contra o projeto e mais surpreendente ainda foram os motivos apresentados pelos mesmos. Para o Vereador João Tezza Francisco do DEM, as sessões corriam risco de serem tumultuadas por pessoas despreparadas para assistirem e participarem das reuniões. Antônio Dias André e Pedro João Orbem do PMDB, alegaram que as sessões seriam improdutivas e citaram exemplo de reuniões que ocorreram no ano de 2003, nas comunidades do Barracão e mais precisamente na Taipa. Quem saiu em defesa do Projeto e de sua colega de partido, foi o Vereador Mario Coan do PSDB, que fez sua explanação demonstrando a importância das reuniões itinerantes e a oportunidade da população dos bairros e comunidades do interior expressarem suas reivindicações e propostas de melhorias. “Infelizmente a população foi cerceada deste direito, e é uma pena que os colegas não tenham entendido o real significado deste projeto” finaliza Mario. A rejeição do Projeto surpreendeu a presidente e autora da proposta Vereadora Lela Padilha,  que expressou seu descontentamento com o embate. “Jamais esperava que meus colegas de mesa diretora,  votassem contra, da oposição não esperava outra coisa”, diz a matéria do blog. A presidente Lela Padilha e os vereadores citados foram procurados pela reportagem do Jornal A Crítica, na sexta-feira à tarde (15), mas não foram localizados para apresentarem suas versões. O assunto em questão deve render manifestações na próxima sessão, marcada para a próxima segunda-feira (18), às 19 horas. Na próxima edição, o Jornal Acrítica trará mais sobre os desdobramentos do ato da presidente em utilizar o blog, inserido no site da própria Câmara de Vereadores para alfinetar seus pares vereadores, utilizando, indevidamente, o espaço para colocar os edis contra a comunidade.

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!