19fev11 - Carta do Leitor

18/02/2011 16:51

 Nome: Maria

 

Assunto: Sugestão de reportagem: desprezo patrimônio histórico de Jaguaruna

 

Mensagem: 

Gostaria que a equipe do jornal A Crítica realizasse uma reportagem sobre o patrimônio cultural e histórico de Jaguaruna/sc. Tendo em vista que faz 10 dias que visitei os principais pontos turísticos de Jaguaruna juntamente com meus familiares e fiquei horrorizada pelo desprezo em que se encontra o patrimônio cultural e histórico do município. Inicialmente posso citar a bica da carioca que está totalmente abandonada com galhos de árvores e folhas jogados por todos os lados, falta iluminação à noite, o vidro da fonte quebrado, ausência de água, além do acúmulo de lama e entulho na frente do local. Por conseguinte, podemos cita a praia do Arroio Corrente que não há sinalização de trânsito, a proliferação de lixo nas areias e ruas, matos invadindo as calçadas e os canteiros centrais, ausência de fiscalização ambiental.  Ademais, o centro da cidade precisa ser revitalizado começando em retirar os resquícios da decoração natalina e os canteiros centrais, a inclusão de lixeiras, a renovação do paisagismo no jardim da Igreja Matriz, a reforma na ponte e construção de um portal na entrada do município, a padronização das calçadas.

.........

 

GRITO PELA PAZ

 

Na condição de cidadão comum, sugiro um movimento da sociedade contra a criminalidade, contra a banalidade da violência, quanto à falta de estrutura de segurança em Tubarão. É preciso que a sociedade  GRITE BEM ALTO, pacificamente, mas que grite! É melhor gritar pela paz do que chorar a morte de irmãos de forma tão cruel. Estamos vivendo num mundo de "homens predadores de seres humanos", isto tem que parar. Conclamo a sociedade, não os políticos, para fazermos um grande movimento pela Paz. Uma passeata e uma concentração. Precisamos de ações urgentes como: aumento do efetivo das polícias militar e civil; entrosamento entre as três polícias: Militar, Civil e Guarda Municipal, se for o caso o exército, como está ocorrendo no Rio. Precisamos de medidas preventivas como as prometidas Câmeras de Monitoramento; Precisamos que o estado assuma socialmente às chamadas áreas de risco. Precisamos que os políticos revejam a idade penal e as Autoridades Judiciais sejam mais rigorosas com os criminosos no sentido de dificultar a liberdade dos presos periculosos independente da idade. Pergunto: como o cidadão faz para denunciar pontos de vendas de droga e locais suspeitos de ajuntamento de criminosos sem ser exposto? E o que será feito pela autoridade em caso de denuncia.   

Me junto aos tubaronenses indignados, tristes e preocupados para fazermos uma grande movimentação pela VIDA, pela PAZ.

  

Pedro Paulo Nascimento

CPF 489.556.399-53

Telefone: 48 3628-1237 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!