19mar16 - Orleans: Poder Legislativo prestou homenagem póstuma ao ex-vereador Lucrésio Sandrini

18/03/2016 08:53
A Câmara de Vereadores de Orleans, sob a presidência do edil Pedro Orbem, prestou sua homenagem ao ex-vereador Lucrésio Sandrini, que faleceu na manhã de segunda-feira (14), vítima de câncer, deixando a esposa Dircéia Maria Cascaes, com quem se casou em 1958, e os filhos Maria Cristina, João Batista, Antônio Carlos e Ricardo Luiz. Lucrésio era filho de Samuel Sandrini e Judith Bonete Sandrini. O falecido nasceu no dia 19 de janeiro de 1935. Em 1988, se candidatou pela primeira vez a vereador, sendo eleito com 403 votos, se reelegendo nos anos de 1992 e 1996. Em 1993, foi eleito presidente da Câmara de Vereadores por unanimidade. Em 1982, foi um dos fundadores do PMDB no município. Em 2001, durante o terceiro mandato, deixou o PMDB e ingressou no PFL. Lucrésio Sandrini ajudou também a fundar o Lions Clube de Orleans e a Loja Maçônica São João Batista e foi também sócio fundador do Tênis Clube de Orleans. Durante a sessão da câmara de segunda-feira, o falecido foi lembrado na tribuna por alguns edis que em suas palavras enalteceram a figura do ex-vereador orleanense:
 
 
João Tezza Francisco (Dão)
“Vereador Lucrésio Sandrini, o qual veio a falecer hoje, muito fez por essa terra, ajudou muitas pessoas de nossa cidade, foi um grande político. Orleans perde uma grande pessoa”. 
 
 
Osvaldo Cruzetta (Vá)
“Nós perdemos um guerreiro da política orleanense. Eu falo isso de cadeira porque convivi politicamente com o vereador Lucrésio por três mandatos, inclusive quando eu fui prefeito, ele era vereador. Foi uma pessoa muito dedicada, que se preocupava com os problemas do nosso município, era um batalhador, um lutador nas conquistas de obras para Orleans, como foi o caso dos primeiros metros de asfalto da cidade que ele buscou ajuda do governo do estado, há mais de 20 anos. Ele foi também presidente desta casa”.
 
 
Antônio Dias André (Geada)
“Fui vereador junto com ele também no tempo que o Vá foi prefeito. Qualquer ser humano que se perde faz uma falta grande, o Lucrésio Sandrini fará uma falta grande dentro do nosso cenário político”.
 
 
Mário Coan
“Eu conheci o seu Lucrésio fora da política, entreguei por muitos anos leite em sua casa, era meu freguês. Depois o conheci na política. Muitas pessoas foram beneficiadas por causa do trabalho dele, principalmente as do magistério. Nosso reconhecimento pelo seu trabalho como homem público. Uma pessoa que foi acometida nos últimos dias por uma terrível doença. O câncer infelizmente tem matado muita gente no Brasil, preocupa até na nossa cidade a alta incidência que existe dessa doença”.
 
 
Valter Orbem
“Eu o conheci melhor em 2004, quando estava entrando na política. Ele era um dos assessores da campanha eleitoral da qual participávamos. Era um grande articulador político. Se dedicava muito aos problemas da cidade e sempre quando era chamado, mostrava a sua vontade em resolver os problemas”. 
 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!