20fev16 - Tubarão: Vereadores - Oposição despeja críticas ao prefeito e situação garante que está tudo nos trinques

19/02/2016 10:07
A sessão ordinária da Câmara Municipal de Tubarão foi marcada por críticas ao governo do prefeito Olávio Falchetti (PT) na segunda-feira (15).  Mais uma vez, os vereadores cobraram mais serviços da administração municipal, com o propósito de beneficiar a população. Alegam que o governo petista está encerrando o mandato sem atender às necessidades da cidade. As críticas são recorrentes e a tendência é de que sejam intensificadas pela aproximação das eleições. No espaço destinado ao pronunciamento das lideranças partidárias, o vereador tucano, João Fernandes cobrou ações do alcaide dizendo que a cidade de Tubarão precisa de mais desenvolvimento. “O mato está tomando conta das ruas em todos os lugares, é lixo por todo canto, ruas que necessitam de calçamento, os projetos estão parados, enfim... Para ter ideia a avenida Pedro Zapellini que a gente imaginava que seria terminada nesse governo, segue inacabada. A conclusão da Av. Patrício Lima, que todo mundo achava que seria aberta, sendo tirado o canteiro do meio, nada aconteceu. Cronogramas que não são cumpridos. Nada acontece de novo na cidade. Está acabando os quatro anos de governo do PT com poucas obras. Nenhuma grande avenida foi asfaltada, não tivemos uma rua aberta”, lamentou Fernandes. Ainda na tribuna o tucano fez comparações entre o governo do PT com a administração passada. “O governo Manoel, mesmo com suas dificuldades, por causa de sua doença, com ele (Dr. Manoel) parando um dia na prefeitura e cinco no hospital, conseguiu deixar vários encaminhamentos, várias obras licitadas para cidade, prontas para que o próximo governo concluísse. Tanto que o prefeito Olávio concluiu várias obras do prefeito Manoel” afirmou. João Fernandes, lançou um desafio: “Que a base do governo me traga a relação de obras que vão ficar licitadas para o próximo governo, programadas para o próximo ano. Dr. Manoel deixou a Arena Multiuso, a UPA 24 Horas e a Pedro Zapellini, todas licitadas. Sem falar nas várias creches que o PT inaugurou que eram da época do governo Manoel. Me tragam a lista do que vocês vão deixar para o próximo governo”, instigou o parlamentar. O vereador Lucas Esmeraldino, também do PSDB, lembrou que teve requerimento da câmara que levou 9 meses para ser respondido pelo executivo. João Fernandes sustentou ainda que sempre que vai ao gabinete do prefeito Olávio é bem atendido, só que as coisas não acontecem, ficam só nas promessas. “O prefeito enquanto pessoa, é ótimo, não tem melhor para a gente conviver e conversar, o problema é que a administração pública que é diferente da vida privada”, emendou.  Já o líder do governo na Casa, vereador Clodoaldo de Medeiros demonstrou otimismo em relação ao governo petista na cidade. “Este governo que foi eleito em 2012, Olávio Falchetti e Akilson Ruano Machado também está comprometido com a nossa população, agora fazer uma avaliação de que é uma terra arrasada, que nada aconteceu nessa cidade eu acho um exagero. Vamos começar com o pagamento de R$ 1,8 milhões que essa administração efetuou só de precatórios, de dívidas acumuladas de governos anteriores, recursos esses que poderiam ter sido investidos na cidade. Não se pode comparar 145 anos de emancipação política do município, com três anos da nossa administração. Na rua Geraldo Spettmann, aquela da rodoviária, estão sendo colocados 8 bocas de lobo. A nossa administração está fazendo sua parte, assim como as creches, unidades de saúde, que sim pegamos licitações encaminhadas, mas que as administrações passadas não puderam fazer porque não tinham a tal da negativa para dar contrapartida, e esse governo conseguiu finalizar as obras. Não se pode pegar 12 anos de uma administração tucana contra 3 anos dessa do PT, que vai finalizar o quarto ano”, disse ele. João Fernandes asseverou que o PT foi o algoz da administração passada. “Quando o PSDB esteve no governo, foi muito cobrado pelo pessoal do PT, que vinham aqui com faixas pedindo melhorias, e agora que pegaram a prefeitura, não querem ser cobrados. Que coisa, eu estou abismado! Eu como cidadão e vereador no segundo mandato fiquei de queixo caído ao ver um vereador subir nessa tribuna e dizer que não que não se pode cobrar, que o PT não precisa fazer nada. Como não precisa? Não fizeram uma campanha dizendo que iriam resolver todos os problemas da cidade? Vejam as avenidas que foram feitas nos governos anteriores, as várias obras que o PSDB fez. E mesmo assim a todo momento a militância do PT vinha nessa casa cobrar, com batuque”, finalizou o vereador. Nota da redação: Parece que a nau está à deriva; falta comandante com competência e a tripulação é composta por marinheiros de primeira viagem.
 
João Fernandes lança desafio: “Quero a relação de obras que vão ficar licitadas para o próximo governo”

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!