21maio11 - Cricri ( por Salmon Flores)

20/05/2011 17:01

 Vira Bosta

Em toda a minha vida profissional, cruzando  na casa dos 60 anos, sempre tive orgulho de ser o que sou e como sou. Desde  meus 16 anos, enfiado no rádio, e nos últimos 16 anos mesclando com o Jornal A Crítica, junto com minha esposa, nunca me prestei a pau de vira-bosta. Nunca testemunhei contra colega de profissão, mesmo em alguns casos sabendo que não tinham toda a razão. Os tempos mudaram e hoje, gente desqualificada, que sobrevive na função na base do puxa-saquismo e no encosto político, para se garantir na boa e nas ondas do rádio, esquece dos ensinamentos, do valor da amizade e o ser cristão. 

 

Pois agoraaaaaaaaa!

O STF acaba de aprovar a união homossexual.  Um casal bem liberal, já pensa na inauguração de um restaurante, com direito a sauna na parte dos fundos, para que mulheres e homens que tem seus casos, em fase de publicidade, possam se sentir bem à vontade e amparados pela nova lei. Ainda somos provincianos e incapazes de aceitar num shoppis, restaurantes, etc... dois barbudos se beijando ou de mãos dadas, ou ainda duas belas e coxudas trocando olhares de ampla tesão. Convenhamos eu nem sei como o assunto vem sendo tratado nas escolas. Mas, logo, logo vai mudar os casais de namoradinhos também nas escolas. E ai é preciso um trabalho maior de esclarecimentos para com os pais.  Eu não estou falando nada do que possa ocorrer no futuro. Falo de hoje, agora, já.

 

Na foto: Secretário de Segurança e Trânsito, Arleis Ribeiro, prefeito de Capivari, Luiz Carlos Brunel Alves, Governador do Estado, Raimundo Colombo, Chefe de gabinete do prefeito, Odilon de Souza e o presidente da Câmara, Jonas Machado

Na capital

Comitiva de Capivari de Baixo reuniu-se com o Governador Raimundo Colombo, antes de sua viagem ao exterior, para estreitar parceira com o Estado, na construção da ponte que ligará o município com a cidade de Tubarão. Na pauta também havia solicitação de recursos para a execução da Ciclovia do Trabalhador, um projeto que a prefeitura iniciará ainda em 2011.

 

 

A conhecida Avenida 9 de Julho

Viagem 

O amigo Marcelo Nitschke, embora não tenha conseguido visitar Ushuaia, que era plano inicial, de sua viagem com a família ao Chile e Argentina, nos relata como foi sua peregrinação. Disse que ficaram seis dias em Buenos Aires, onde o nosso reall vale vezes o peso deles e, sendo assim, os produtos estão mais acessíveis para os brasileiros,

embora muita coisa seja calculada em Euro ou mesmo Dólar. Neste tempo, fiz muitas observações também da situação atual na Argentina. Na Capital argentina, que atravessa problemas internos e principalmente com os importados chineses, por exemplo, em todas as lojas e comércio em geral, aparece na porta o valor do Euro, Dólar e Real. Destacou Marcelo que os argentinos preferem receber em moeda estrangeira. Pelas fotos que nos enviou, a viagem foi maravilhosa. Parabéns amigo e espero que em breve possa realizar seu sonho de conhecer Ushuia.

 

Informação (1)

O blog do Édio Antônio está repleto de boas informações e seu conteúdo serve para o conhecimento do cidadão catarinense de coisas absurdas que ocorrem em nosso Estado. Num dos posts ele se refere à Assembléia Legislativa de Santa Catarina que anda metendo a mão no dinheiro do povo. Diz a nota do Édio: “A Assembléia Legislativa de Santa Catarina aprovou no apagar das luzes de 2010 a aposentadoria milionária para

ex-deputados e de mais de 50 servidores públicos da casa, conhecidos como os Marajás da ALESC, ultrapassando o teto máximo salarial previsto na Constituição. A bandalheira não para por ai. Tem ex-deputado aposentado por invalidez incluído no Conselho de Administração da CELESC e da CASAN. O pior é a cegueira do TCE que não vê nada, ou melhor, faz que não vê. Colocaram uma dezena de raposas, conselheiros com cor partidária, a cuidar do galinheiro. O Tribunal de Contas do Estado é uma piada. Só pega prefeituras do interior sem nenhuma representação”.

 

Informação (2)

Édio continua em seu blog com a informação de que os absurdos da Assembléia, Governo do Estado e por último estas aposentadorias milionárias não são vistas

pelo Tribunal. Ele é cego. Atende ex-colegas de cadeira, de plenário. O maior raposão desta lista e o Deputado Federal Onofre Agostini que come dos nossos impostos 38 mil. O Pedro Bitencourt, é inválido que abocanha 35 mil. Altair Guidi ainda Deputado Estadual, leva mais uma fatia. Marlene Fengler, eminência parda do DEM, chefe de gabinete do Presidente da Assembléia Gelson Merisio, já fez o seu pé de meia com

28 mil. Até cartola Delfin de Pádua Peixoto, Presidente da Federação Catarinense de Futebol de Santa Catarina está na relação com 23 mil. Marlene Fengler estendeu seus braços por outros órgãos e acomodou seu irmão, Ademir Fengler justamente no TCE. Tudo em casa, tudo dominado. Ademir Fengler já trabalhou no Gabinete do Deputado e atual Presidente da Assembléia Gelson Merisio e atualmente trabalha no TCE com o Conselheiro do Tribunal de Contas Júlio Garcia, que já foi Presidente da Assembléia. Uma roda viva, girando atrás de bons salários e aposentadorias.

 

PSD em Orleans

O novo partido criado no País, o PSD, fundado por Gilberto Kassab, de São Paulo, depois de conseguir a filiação do governador Raimundo Colombo e do presidente da Assembléia Legislativa, Gelson Merísio (ambos ex-DEM) está de vento em popa filiando mais vereadores, especialmente na região sul. Em Orleans acaba de ganhar mais um vereador. Além de contar com os vereadores João Teza Francisco, o Dão,

e Márcio Tezza que vieram do antigo DEM, nesta semana o recém criado PSD teve o ingresso do vereador Clésio de Oliveira Souza, o Cabelo que assinou a ficha de filiação. Souza sai do PP por opção própria. Disse que deixa os progressistas sem mágoas e de cabeça em pé. Segundo Clésio de Oliveira Souza, o convite para a filiação partiu do deputado José Nei Alberton Ascari, da suplente de deputada federal Romanna Remor, do prefeito em exercício Lussa Librelato e dos colegas de câmara. Parece mesmo que o PSD ganha força em Orleans. Nasce com projeto forte para as eleições de 2012 tendo como pré-candidato a prefeito Lussa Librelato, que pode compor com a presidente da Câmara de Vereadores Lela Padilha (PSDB) e dezenas de candidatos a vereador.

 

Polícia Federal

A Polícia Federal realizou nesta semana operação em todo o País denominada Operação Saúde. Prendeu vários empresários, vereadores e agentes públicos ligados à prefeituras por causa de irregularidades no comércio e licitações de medicamentos do governo federal. Em Santa Catarina foi um punhado. Só não consigo entender porque o caso da vereadora lagunense Jussalva da Silva Matos, onde o Juiz Eleitoral da Comarca configurou a troca de votos por medicamentos e envolvidos na denúncia que culminou na CPI da Saúde em Orleans, não foram ou estão envolvidos na investigação.

 

Por e-mail

“Caro Salmon - Realmente fiquei alguns dias com meu celular desativado, no entanto observo que possuo o mesmo numero de celular desde 1999 sem nunca ter mudado.

Esclareço também que a colocação sobre "desalojar" este ou aquele não procede contra minha pessoa, pois quem me conhece sabe que, se não posso ajudar, prejudicar jamais, e assim tem sido os meus 46 anos de idade. Por fim, reitero meu apreço por ti e família dizendo que estou a sua disposição. Abraços. Luiz Fernando S. Lopes – Laguna”.

 

Laguna pô!

Câmeras de segurança em Laguna? Vem aí a “Internet Grátis” ? É o que garantiu o Prefeito Célio na Câmara Municipal. Através do sistema wi-fi com um smartphone (celular) em qualquer ponto da cidade Juliana, o habitante da cidade poderá acessar a rede sem custos. Inclua-se os notebooks através do wireless. 

 

Lista Negra ou inautêntica

Encontrei com o João Albino (Nossa Folha) e fiquei estarrecido com o que me contou. Disse que circula na Assembléia Legislativa uma lista de radialistas e jornalistas de Tubarão que recebem propinas e, garboso, salientou que seu nome não constava no rol dos pussucadores. Acho muito estranho o fato de ele ter acesso a essa tal “lista negra” e não levar ao conhecimento do Ministério Público, uma vez que esse tipo de ação denigre a imagem dos profissionais do setor, inclusive a dele. Todos os veículos de comunicação sobrevivem da mídia, da publicidade e até hoje desconheço qualquer outro mecanismo que seja possível pagar uma publicação ou publicidade, que não seja pecuniária. O Jornal A Crítica, por exemplo, emite notas ficais, mediante a publicação e PIs e jamais publicou nada sem autorização de agências ou empresas. Acho muita estranha e perigosa essa falação do João Albino que ainda disse que na tal “lista” aparece radialistas, jornalistas, donos de rádios, jornais, inclusive nominando ex-prefeitos e vereadores, com valores de R$ 300 a R$ 20 mil. Um verdadeiro absurdo!

 

Falam mermo

Jornalismo ético é feito dessa forma: questiona-se, critica-se, e dá-se espaço para as respostas. Não é, Ênio Batista?! Li no Twitter.com#!/tbfalomermo. 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!