21maio16 - Orleans: Vereadora desabafa contra colega que pressiona eleitor

20/05/2016 08:46
Sem citar nomes, Ângela Bratti (PP) desabafou: “Tem vereadores, que ficam ameaçando pessoas que falam comigo. Isso é coisa de gente pequena. Eu falo com quem eu quero, quer seja funcionário efetivo da prefeitura ou não. Tenho direito de falar com qualquer pessoa. Se eu tiver que falar, chego e falo. Por que então as pessoas não podem falar comigo, me cumprimentar ou me visitar?”, questionou a vereadora Ângela em um estouro na tribuna da Câmara de Vereadores de Orleans da sessão de segunda-feira, dia 16. Em outro trecho de seu discurso Ângela afirmou que: ‘Saio pouco na rua, até pelo fato de hoje estar cuidando de minha mãe acamada, então me dedico mais a ela, não dou ouvidos a fofoca, a comentários maldosos de pessoas. Para mim cada um tem seu partido político, eu não sou partidária, hoje eu pertenço ao PP, mas isso não me impede de elogiar ou aprovar os outros partidos, que fazem bem para a nossa comunidade. Fui funcionária pública efetiva por 35 anos, do magistério, enfrentando vários governos, tanto do lado de oposição quanto de situação, nunca fui ameaçada por nenhum partido e agora vejo que ficam ameaçando as pessoas que falam comigo. Eu falo com quem eu quero. Nunca deixei de atender, rico ou pobre, quem quer que seja sempre fui uma pessoa pública, se tenho que falar alguma coisa, falo, não sou de esconder”, lastimou a vereadora. O líder do governo, vereador Valter Orbem pediu para a edil dar ‘nomes aos bois’. Ângela retrucou que não citaria nomes por uma questão de respeito. “Não critico nenhum vereador, para mim cada um faz a sua função. Só que isso me deixou muito triste, afinal as pessoas não podem conversar comigo, que são ameaçadas ou criticadas? Peço a pessoa que fez isso, que não faça mais, é muito feio para um legislador”, comentou Ângela que ganhou o apoio do colega de partido, Osvaldo Cruzetta (Vá). “É o desespero que começa a bater na porta, a eleição que se aproxima. Não acredito que pessoas ocupem uma cadeira nessa casa e não tenham o mínimo de respeito com outros vereadores. Foi bom deixar o registro, deixar o alerta, com a aproximação das eleições começam as proibições de alguns funcionários que se aproximam do lado opositor. Querem amedrontar os funcionários públicos ou quem quer que seja. Mas, todo mundo é livre para escolher os seus mandatários e os representantes na Câmara de Vereadores. A vereadora Ângela tem um coração bondoso, todo mundo a conhece, sabem o bem que faz para muitas famílias aqui do município de Orleans, inclusive quando ocupou cargo público, quando foi secretária, onde deixou um legado muito grande”, observou Vá. Dija Pavei, vereador da situação, achou correta a atitude da colega em não ter dado ‘nomes aos bois’. “Às vezes é bom não dar nomes mesmo, também não acho bacana alguém ficar pressionando, as pessoas tem que ter as suas opiniões. Depois do comentário do Vá, achei até que poderia ser um vereador da nossa bancada, mas também pode ser alguém do grupo dela. Vossa excelência foi digna, em não querer comentar nomes”, confirmou Pavei. Para encerrar a vereadora Ângela disse que não irá deixar de atender as pessoas que a procuram. “Jamais deixarei de atender, seja lá quem for lado A, B ou C, o que eu faço eu não cobro, nunca cobrei voto por aquilo que trabalhei no social, nunca cobrei voto daquele que ajudei, eu ajudo e tenho consciência disso, porque acho que é meu dever”, concluiu.               
 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!