25jun11 - Comunidade (por Munir Soares)

24/06/2011 16:20

MÃOS AO ALTO!

Final de outono. Seis horas da manhã. Ainda estava escuro. Uma estranha e intensa luz brilhava acima do morro. Um Óvni? O super-homem? Um avião? Nada disso, era um helicóptero da polícia, atacando, de surpresa, em busca de criminosos envolvidos com o tráfico de drogas. Operação por terra, e pelo ar. Não era a primeira vez, que o Morro da Glória, era alvo de uma operação policial. O Morro da Glória, que foi local de romaria, e de nossas aventuras de criança, tempo em que ali existia o Pau de sinal, um mastro com as bandeiras, assinalando os barcos que se encaminhavam para o porto, e necessitavam da presença dos práticos da barra.

A estátua da imagem de Nossa Senhora da Glória foi construída, durante a gestão paroquial de Gregório Warmeling (Padre Gregório, como era conhecido). O local, transformado em “reserva ecológica”, ganhava o status de “ponto turístico,” paisagístico, e religioso. O acesso ao morro foi pavimentado. Aos poucos, através dos anos, o morro foi sendo abandonado à própria sorte. O mato tomou conta dos mirantes, e turistas passaram a ser vítimas de assaltos. Os alcaides de plantão, e os demais segmentos sociais, inclusive religioso, abandonaram a área, cedendo espaço à marginalidade. Como diz o ditado da selva, o leão saiu, o mato é nosso.

O artista que esculpiu a imagem de Nossa Senhora da Glória, além de escultor, era também um visionário. Quando fez a Santa, de braços erguidos, estava prevendo o futuro, vaticinando momentos difíceis para a Mãe de Deus. Dias de angústias, no meio do fogo, entre polícia e bandidos, a única ladainha que Ela continua ouvindo é:

___ MÃOS AO ALTO?

___ Mãos ao alto!

E, chegará um tempo, longe de seus dias de glória, em que Ela poderá, até, ser intimada a prestar depoimentos, como testemunha do tráfico de drogas no morro da Glória. Santo Anjo da Guarda, protejei-a!

___ O que se poderia fazer, para que o Morro da Glória, volte a ser um lugar tranqüilo?

___ Utilizar as torres de comunicação ali existentes, para colocação de câmeras de vigilância? 

___ Instalar, no topo do morro, um Posto da Polícia Municipal?

___ O tema não poderia ser debatido pelos vereadores? 

 

OXUM-DOCÔ

Vereador Tono Laureano apresentou projeto de lei, destinado a considerar como de Utilidade Pública, a Entidade Beneficente Oxum-Docô. Por um problema auditivo, talvez ocasionado pelo sistema de som daquela Casa, seus pares entenderam, que a associação era “docu” e não docô.  A troca de vogal provocou risos no plenário. Radialista Batista Cruz comentou o fato, de maneira jocosa. Vereador Tono não gostou e malhou o radialista. Radialista apelou pra Bíblia. Segundo Google, Oxum-docô (a grande mãe) é um orixá do culto religioso afro-brasileiro (Umbanda e Candomblé). Que tal um jogo de búzios, para prever o futuro político do vereador Tono? Coisas da mãe África, Batista.

 

UTILIDADE PÚBLICA

Dizem, que nosso Poder Legislativo já concedeu diploma de Utilidade Pública até para a Associação da Mãe do Soldado Desconhecido. Qual o critério, que a Câmara de vereadores utiliza, para considerar uma associação, como de Utilidade Pública? Existem normas estabelecidas pelo Regimento Interno, ou a coisa funciona na base do interesse eleitoreiro dos proponentes?

 

ROJÕES JUNINOS

Vereador Antônio Laureano teria disparados alguns rojões em direção ao Secretário Regional da 19ª SDR. A fogueira do edil estaria com fogo baixo? Dizem, que candidatos do Tono, não teriam sido aproveitados na Secretaria, e na Casan. Verdade ou fofoca?

 

BOMBINHAS DE SÃO JOÃO

Na dança das cadeiras, Sandro Cunha, PSDB estaria inconformado com a regra do jogo. Seu partido ocupava três gerências na SDR, atualmente, só ele, na Gerência de Educação. Teria ameaçado renunciar. Mexericos?

 

DORMIRAM NO PONTO

Candidato único disputava a presidência da Cooperativa de Energia elétrica de Armazém. Chegou em segundo lugar, derrotado pelos votos em branco (75%). Com o candidato do PP, impedido de concorrer, pela justiça, deputado Ponticelli entrou na campanha pelo voto em branco. Venceu, e ganhou tempo. Moral da história: Quem dorme em cima do saco, é gato de armazém...

 

PROTESTO

Ciclista pedala nu, protestando contra a falta de segurança no trânsito, foi detido pela polícia quando levava uma garota, de carona.

___ Por que estavam pelados? 

___ Não, por exibicionismo. A bike era modelo feminino, e a garota estava sendo levada, no ferro...

 

PROTESTO – 2 

BR 101 – trecho sul. Membros do Fórum Parlamentar, novamente, ficaram a ver navios. Diretor do DNIT manda relatório, e não comparece. Teria ficado com receio de visitar a obra, in loco, seu seguro de vida estaria vencido? A solução é promover paralisações na BR. Que tal um desfile de modas íntimas, na Ponte de Cabeçuda? Patrocínio da Funerária DNIT.  Um colírio para quem é obrigado a trafegar à base de “rebite”...

 

PROTEÇÃO

Na visita a Joinvile, vive-presidente Temer (PMDB) teria exigido, 50 Seguranças, ruas trancadas e detentores de metais. Exagerado. Quando vier, como presidente, deverá exigir o uniforme do Robocop... 

 

REMINISCÊNCIAS 

Do tempo do futebol de salão no Clube Blondin. O “Blondin” era a mais forte equipe de futebol de salão, daquela época. A “Capitania”, um adversário temível. Bola Branca, Bola Preta e o meu “Bancários” eram apenas, beliscadores de campeões. Pedrinha no sapato dos líderes. O “Comerciário” era a esperança do Ibraim Abrahão, e do Onildo Freitas. Naquele ano, Ibraim resolveu armar um time, para destronar o Blondin. Caçando talentos, trouxe para a quadra, as revelações do bairro de Magalhães. Uma defesa inexpugnável, tipo “muralha da China”, formada por Mané Bucho, Petá e Piranha. “Piranha”, de muita ração, seguia rigorosamente, as instruções do técnico Miró. Batia com vontade. Do pescoço pra baixo, era tudo, canela. O São Jorge, na medalhinha do adversário, geralmente, terminava o jogo, a pé, pois o cavalo pedia substituição...

Após uma vitória memorável, o “Comerciário” comemorou como se tivesse conquistado um título. Ibraim abriu a mão, e pagou “bicho” aos seus atletas. Festa. “Piranha” pegou o caminho de casa, já meio barro e meio tijolo. Como de hábito, a caminho do lar, ia recolhendo os objetos que encontrava.

___ Tudo tem uma utilidade, costumava dizer.

Naquela noite de comemorações encontrou uma corda e foi arrastando até em casa, sob o olhar curioso do vizinho.

No dia seguinte, 10 horas da manhã, “Piranha” é acordado, com batidas violentas na porta. Abre! Um desconhecido o agride com palavras grosseiras: 

___ Ladrão de cavalos! Você arrastou o meu animal, durante a noite...

___ Perdão, amigo, eu apenas encontrei um pedaço de corda, e vim puxando. Como é que eu iria adivinhar, que tinha um cavalo, na outra ponta?

___ Logo vi, que o “seo” Ibraim, não ia pagar um “bicho” daquele tamanho,

comentou o vizinho fofoqueiro.

 

A LUA

Na semana que passou tivemos mais um eclipse lunar. A terra, entre o sol e lua, deixou nosso satélite, no escuro. Propício à lua de mel? 

___ Não, foi para evitar uma briga. Ciúme do astro-rei. A lua, nova, andou de quarto em quarto e acabou ficando “cheia”. 

Seria arte do São Jorge? As manchas escuras da lua representam São Jorge, e seu cavalo, em luta contra o dragão da maldade. “Lua bonita/ me causa aborrecimento/ ver São Jorge no jumento/ pisando no teu clarão”. Lua cheia, fonte de inspiração. “Lua, manda tua luz prateada despertar a minha amada”. Canta o seresteiro. Lua cheia, “tal qual a dona de um bordel, pedia a cada estrela fria, um brilho de aluguel”. E, o boêmio, até pensou que a lua pendurada no céu, fosse um pandeiro de prata. A lua dos namorados. Durante a guerra fria, EUA x URSS disputavam a posse da Lua. “Todos eles estavam errados, a lua é, dos namorados”. Lua bisbilhoteira: “a lua malcriada quando passa/ espia na vidraça, do quarto de dormir...” Cansado de ver a lua cantada em prosa e verso, o poeta mudou o enfoque: “A Estrela Dalva no céu desponta, e a lua anda tonta, com tamanho esplendor...”

Na misteriosa lua cheia,quando uiva o lobo, o lobisomem faz sua aparição.

A Lua tem influencia na agricultura, comanda o movimento das marés e mexe como humor das pessoas: o fulano é de lua. Pessoa instável. Fator de sorte: fulano nasceu de bumbum pra lua. A gravidez da mulher dura 9 luas. E, a lua de mel? Celebração privada, na intimidade entre casais, que iniciam seu relacionamento conjugal. Na Babilônia, 2.000 anos AC, a lua de mel devia durar 30 dias, contados pelo calendário lunar. Noivos levavam uma mistura de água e mel (hidromel) para beber, durante a lua de mel. Atualmente, no banquete nupcial, a lua de mel é aperitivo. Chega de lua, por hoje, já estou ficando, lunático.

 

LUA CRESCENTE para Imbituba

Município ganha fábrica de cimento da Votorantim e seu porto recebe, da China, dois modernos guindastes, com mais de 50 metros de lanças para operação com containeres. Sem dúvida nenhuma, a Zimba é a economia emergente da nossa região.

 

FERIADÃO ESPORTIVO

Neste feriadão, Laguna recebe cerca de 1.800 acadêmicos, que participarão dos Jogos da UDESC. Bem vindos! Juventude, Esporte e Cultura. É a Laguna Universitária, mostrando sua cara.

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!