26mar11 - Comunidade (por Munir Soares)

04/04/2011 16:05

A MORTE DO HOMÔNIMO

Impublicáveis. Expressões chulas, e de baixo calão. Baixaria. O que aconteceu, na última sessão da Câmara de Vereadores de Laguna, teria sido um acinte às tradições políticas daquela Casa. Assim, os principais radio-jornalistas da terrinha, destacaram, pejorativamente, os debates acontecidos no Poder Legislativo, na sessão da última segunda-feira.

Estranhamente, alguns radialistas mencionaram o “milagre,” mas deixaram os “santos” no anonimato, talvez, porque Suas Excelências, os palavrões, alguns inéditos, pudessem escandalizar a sensibilidade dos ouvintes.

Com certeza, o Dudu Carneiro, estreante nas lides legislativas, sentiu-se com um coroinha no meio de um duelo verbal travado entre Mefistófeles e satanás. 

O demo está solto na Casa do Povo. Exorcismo já, com o sinal da cruz, e muito sal grosso.

                                                  -.-

 

Souza Junior (Dão) da Rádio Difusora, sem medo de mandinga, apertou seu patuá e colocou no ar o nome das feras. Vereadores Tono Laureano (PMDB) e Cleosmar Fernandes (PR), que  teriam endereçado suas obscenidades lingüísticas em direção ao presidente da casa, Everaldo dos Santos(PMDB). Barreiros colocou a gravação no ar. Na íntegra.

 

Sessões da Câmara deverão ser proibidas para menores de 18 anos, e somente, deverá ir ao ar, após o BigBrothers.

                                                     -.- 

 

Presidente Everaldo promete reunir o Conselho de ética para analisar a conduta de seus pares, e se for o caso, puní-los exemplarmente, por quebra de decoro parlamentar.

 

Convém lembrar, que a Lei Orgânica do Município – Subseção III – Da Perda de Mandato – prescreve o seguinte:

Art.35 –item II: Perderá o mandato o vereador cujo procedimento for declarado incompatível com o decoro parlamentar ou atentatório às instituições vigentes.

Nesse caso, a perda de mandato, será decidida pela Câmara, por voto secreto, e maioria absoluta mediante provocação da Mesa, ou de partido político representado na Câmara.

Assegurada ampla defesa.

                                           =.======== ==  

 

Passemos, agora, a história da “morte do homônimo”. Um “causo” legislativo bem mais divertido.

 

Everaldo dos Santos (PMDB) atual presidente da Câmara, naquele ano tentara a reeleição, sem sucesso. Ficou na primeira suplência. Perdeu  para o Itamar da Barra (PMDB) lídimo representante da comunidade da Ponta da Barra.

Itamar, o “Ita,” que nas horas vagas atacava de cozinheiro, era também conhecido pela alcunha de “REPOLHO”.

                                                     =.= 

 

Uma das tradições das rádios locais é informar à população a relação dos falecimentos do dia. 

Foi através delas, que o Everaldo ficou sabendo, da morte prematura do “Repolho”.

Como diz o ditado popular, a morte do boi faz a alegria do urubu. Everaldo, primeiro suplente, providenciou, imediatamente, a compra do terno para a posse. Nem compareceu à cerimônia de encomendação do corpo para confirmar o óbito mas, num gesto de profundo pesar, tratou de telefonar aos parentes do Itamar, lamentando o infausto acontecimento.

 

Foi atendido pelo próprio defunto.

                                                       -.- 

 

O “REPOLHO” falecido era um homônimo, morador da rua do Valo, no bairro Magalhães.

 

A partir deste acontecimento Everaldo dos Santos não perdeu mais nenhuma eleição à Câmara Municipal de Laguna.

 

CODIGO DE POSTURA

Papo de boteco

 

___ Presidente Everaldo que botar ordem, na casa. O Código de Postura vai funcionar.

___ Código de Postura.  Esse negócio significa que para botar ovo, a galinha vai ter que pagar imposto?

___Não, mas serve para botar ordem no galinheiro.

                                              ======= 

 

CALÇAMENTO

A obra de repavimentação da rua Duque de Caxias e lateral da praça Vidal Ramos (Jardim) ficou pronta. No entanto, foi entregue à população, com alinhavo. As tampas dos bueiros continuam aguardando acabamento final.

                                                 -.- 

 

DIA DA ÁGUA

No carnaval, João Alfredo Dias – o BABÁ-, desfilou pelas ruas da cidade com sua camiseta (presente do Baião) onde se lia:

 

PRESERVE A ÁGUA - BEBA CERVEJA!.

                                              =============

 

ESTRIPOLIAS

Enquanto presidente Obama autorizava o ataque a Trípoli seus Seguranças divertiam-se numa boate Gay, no Rio de Janeiro.

Tinham todo o direito, afinal de contas, todo Segurança não é um “Guarda-Costas”?

                                         -.-

 

BRIGA DE CACHORRO GRANDE

Deputado federal Edinho Bez esteve na Laguna. Pela passagem de mais um aniversário, seus amigos o recepcionaram com um  rango federal na sociedade recreativa União Operária. Plateia política.

Entretanto, foi no Laguna Tourist Hotel, que o deputado fez importante declaração política.

Em entrevista aos jornalistas Márcio Carneiro e Batista Cruz o deputado não perdoou o vice-governador, lagunense Eduardo Moreira.

Afirmou, sem meias palavras, que se o Secretário Regional da 19ª não for de Laguna a responsabilidade será do dr. Eduardo.

___ Ele vai pagar pela omissão, e pagar muito caro por isto.

                                       ===.==

 

HISTÓRICO

Como sempre, lá estava ele, entre os que foram homenagear Edinho Bez.

Micoco é, talvez, o remanescente do grupo dos históricos do PMDB da Laguna. Autêntico, fiel e torcedor do Fluminense.

Muitos companheiros de batalha já se foram. Filiaram-se ao partido de São Pedro: Zé do Táxi, João Manoel Venâncio, senhor  “X”, Cipó e tantos outros. Juaci Ungaretti continua um militante da vida.

                                                            -.- 

 

Com base na “gastronomia das urnas”, o apetite dos correligionários é tão grande, voraz, que nunca “sobrou” um emprego para o histórico Micoco que, em mais de uma ocasião colocou seu nome à disposição do partido.

 

Durante o primeiro ano de governo de Luiz Henrique da Silveira conseguiu uma vaguinha de guarda. Micoco estava feliz, trabalhando numa empresa terceirizada de prestação de serviço à Celesc.

No primeiro corte de pessoal autorizado pela empresa, o Micoco foi o premiado direto para a degola.

Posteriormente, entrou no período das promessas: 

___ Serás aproveitado no Sambódromo, na SDR, UDESC ou em alguma escola.                                                              Está sendo enrolado até hoje, vivendo de brisa.

                                                        -.- 

FIM DA LENGA-LENGA

Se a maçaroca não for desenleada até sexta-feira, o nome do Secretário da 19ª SDR será conhecido neste final de semana. Edésio Joaquim, que naquela Secretaria funciona como uma espécie de “juiz de paz”, deverá organizar um torneio de bocha. Homens e mulheres disputarão em chaves separadas. Vencedores jogarão entre si.

O campeão será o Secretário Regional ou Secretária.

O importante é saber mexer com as bolas. Parodiando aquela marchinha carnavalesca:

Bolim bolacha/ bola em cima e bola embaixo!

                                                  ========= 

 

AZULÃO 

As três lagoas, Santo Antônio, Imarui e Mirim continuam à mercê de Deus Dragagem, despoluição e desassoreamento, são medidas necessárias, mas que exigem aplicação de vultosas somas em dinheiro. Dizem que existe um projeto nesse sentido, coisa antiga, porém, ninguém mais falou no assunto.

                                          -.- 

 

O rebojo da semana passada trouxe para as docas do Centro Histórico uma água azul, estranha, incomum. Após a vazante da maré, as pedras do cais das docas continuaram azuladas.

Alguma coisa diferente está sendo jogada nas águas das lagoas.

                                           -.- 

 

A BROMÉLIA, O MOSQUITO DA DENGUE E O CAFEZINHO

As bromélias apresentam uma grande variedade de cores e tamanhos. Suas folhas entrelaçadas formam um copo, que retém água da chuva e nutrientes necessários à vida de outros seres. Até pererecas, ali, depositam seus ovos.

A água acumulada, também, favorece o desenvolvimento do mosquito da dengue.                                                                                                                 Um cafezinho oferecido às bromélias mata o mosquito da dengue.

 

Basta colocar um pouco de borra de café (copo de 300 ml) misturado com água, e despejá-la dentro da bromélia.

A cafeína impede o crescimento da larva. O preparado pode ser, também, colocado no prato de qualquer planta. 

                                                      --.- 

 

Muitas bromélias foram plantadas no jardim Calheiros da Graça, num canteiro próximo ao busto de Giuseppe Garibaldi.

Que tal oferecer um cafezinho a elas?

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!