26mar16 - Orleans: Colina Limpa - a impunidade que deverá ser punida

25/03/2016 14:43
Na última quinta-feira, 24 de março, relembramos os dois anos da Operação Colina Limpa. Nesse dia, há dois anos por volta das 10 horas, oito agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Gaeco deflagravam a operação no município de Orleans.  Trinta e três denunciados por diversos crimes contra os cofres públicos podem confirmar o desvio de aproximadamente R$ 480mil. Nesse meio tempo observaram-se algumas tentativas de atraso no processo que foram motivadas por diversos fatores diretamente ligadas aos réis, como por exemplo, a utilização de incidentes processuais sem fundamento. O vereador Osvaldo Cruzetta (Vá) do PP chamou a atenção para a conscientização da população, nesses tempos de manifestações a nível nacional, onde a população está cobrando cada vez mais que o Governo Federal atue com honestidade e zelo pela coisa pública. Vá suplicou para que a sociedade volte os olhos para o município em que vive, a fim de que a corrupção em seu sentido amplo seja combatida na base, cobrando dos gestores públicos municipais, independente do partido, uma atuação reta e voltada para o bem comum. “Diante da passeata que foi feita aqui no nosso município, acho justo, o Brasil não aguenta mais, o sufoco, a roubalheira na política, na administração pública. E isso deveria servir de exemplo também aqui para o nosso município. Já se passaram dois anos da investigação do Ministério Público e do Gaeco na Prefeitura Municipal de Orleans, onde muitas pessoas foram afastadas dos cargos municipais, outras presas e não se tomou nenhuma providência. A gente vê hoje diante de liminar a turma proibindo, as pessoas não querendo que o Lula assuma o comando de um Ministério, isso é justo, não deve assumir mesmo, mas que isso sirva de exemplo para o município de Orleans, tem que começar por casa. Espero que a justiça faça a sua parte com muita competência, punindo aqueles que são culpados e inocentando aqueles que não têm culpa. O povo não pode continuar pagando toda essa roubalheira que acontece, não só no Brasil, acontece aqui também no município de Orleans”, vociferou o edil. 
 
A operação apura crimes cometidos contra a administração pública, fraudes em licitações, corrupção, desvio de verbas públicas, formação de quadrilha, dentre outros, envolvendo secretários municipais, funcionários públicos, empresários e prestadores de serviço da região

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!