30abr11 - Comunidade (por Munir Soares)

29/04/2011 16:06

 ENGARRAFAMENTO DE FERIADOS

Este ano, o Calendário resolveu provocar uma reunião de feriados, durante a Semana Santa. Além do Dia do Índio, Tiradentes “santificou” a quinta-feira, restabelecendo sua condição de, “Feriado Nacional”. No sábado de Aleluia, Judas Iscariotes e Silvério dos Reis teriam participado de uma mesa redonda, onde o assunto “traição”, cada qual dentro de seu contexto histórico, foi amplamente debatido.  Culpados ou inocentes? 

___ E, o que dizer dos funcionários públicos, que se aproveitam dos feriadões para “enforcar” o trabalho?                                                               Datas comemorativas como Fundação de Brasília e Descobrimento do Brasil, também, ficaram no jejum quaresmal.

São Jorge, o santo guerreiro, dia 23, também, aqui pela terrinha, ficou honrarias, nos terreiros de Umbanda.

 

SEMANA SANTA - 1 

Este ano, o trajeto percorrido pela procissão do Senhor Morto, deveria ser mais curto. Parte do caminho, originalmente percorrido, estava interrompido, obras no calçamento. Tudo acertado, o Sagrado Esquife chegaria mais cedo à Matriz Sto. Antônio, e logo após o Sermão da Soledade, teria início a segunda apresentação da encenação da “Vida, Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo”, em palco armado ao lado da Matriz...

O cortejo fúnebre, ao chegar diante do prédio do Bradesco, deveria dobrar a bombordo, e seguir em direção à igreja, conforme combinado, mas alguém, ou alguma coisa, determinou que a procissão seguisse a estibordo, pela Osvaldo Cabral, Osvaldo Aranha, em direção ao hospital, e por aí afora. Com a Matriz fechada, a procissão seguiu adiante, contornou a estrutura metálica montada para a peça, conduzindo o “Senhor Morto” até o palco onde aconteceu o sermão. Um novo “script”. Com o atraso de mais de 60 minutos o espetáculo não chegou ao seu término, interrompido pelo temporal que se abateu sobre a cidade. Jairo Barcelos, diretor do espetáculo sacro, não deixou por menos, foi ao programa do radialista Celso Fernandes e acusou o pároco da paróquia Santo Antônio dos Anjos de não ter honrado a palavra empenhada.

Teria dedo de algum capetinha nesse imbróglio paroquial?

 

SEMANA SANTA – 2

A construção do “Colégio Stella Maris” caminhava para o seu final. Em breve, muito em breve, a sociedade lagunense, exigente à época, teria um estabelecimento, perfeitamente adequado às necessidades educacionais, culturais e religiosas que o momento exigia. Enquanto lá, as freiras da Divina Providência, ainda com seus “hábitos de andorinhas” ultimavam os preparativos para a inauguração do Colégio, no próximo ano, o pároco da nossa paróquia tinha outros problemas. Em dezembro de 1910 o vigário Manoel João Luiz da Silva escreveu ao cônego Francisco Top a seguinte missiva: 

“Os pardos, devotos da Conceição pretendem ocupar as varas do pálio e, aqui, sempre foram preferidos, os brancos e estes, de primeira classe. Pode haver um incidente desagradável por parte dos pardos, se não forem agraciados e, nesse caso, espero um “sim ou não,” de Vossa Reverendíssima, por telegrama, etc.etc.etc. O próprio senhor Bispo respondeu nestes termos: “Não há lei que proíba aos pardos a ocuparem as varas, digo, varas do pálio”. (ass.) João-Bispo...

O ilustre vigário, já ancião, foi exonerado de suas funções, no dia 1º de maio de 1911. No dia 3 de maio do mesmo ano, o Colégio Stella Maris iniciava suas atividades na terra Juliana. 

 

INVASÃO!

Durante o feriadão da Semana Santa, a localidade de Farol de Santa Marta foi invadida por milhares de jovens, homens e mulheres, alegres, sarados que ocuparam todos os espaços, praias, costões, dunas, pousadas e bares. Música por todo canto. A juventude reencontrou o paraíso, no Farol.

Graças à eficiência do serviço de balsa, engarrafamento, só nos bares.

É de se respeitar a posição do Batista, da ONG Rasgamar, com relação a sua preocupação com a expansão imobiliária desordenada, saneamento básico e melhoria das estradas da comunidade. Com relação ao asfaltamento da SC 100 a história é diferente, pois é de interesse de toda uma região.

 

POR FALAR EM SC 1OO!

Início das obras está marcado para daqui a 10 DIAS. Máquinas já chegaram ao canteiro de obras? Olho neles!

 

GOSTEI

Adesivo no veículo:-BR 101–Trecho sul – LENTIDÃO QUE MATA.

 

SUMIU?

Governador Raimundo Colombo visita Secretarias Regionais da região de Araranguá, Criciúma de Tubarão. E, a Secretaria da região de Laguna? Ficou fora do roteiro?

___ Não foi localizada. Depois do fracasso que foi a gestão de Mauro Candemil, a 19ª SDR, saiu do mapa...

 

MOVIMENTO NEGRO

Batista Cruz anuncia aos quatro ventos, a feijoada do Movimento Negro, nas dependências da sociedade recreativa “União Operária”. Feijoada nasceu nas senzalas do Rio de Janeiro. Quando os senhores matavam um porco, os restos indesejados (pés, rabos, orelhas, tripas, etc.) eram deixados para os criados. Eles misturavam tudo, e cozinhavam com feijão, e punham farinha assada por cima, antes de comer. Virou iguaria de fama mundial. Atualmente, feijoada é o prato da integração social. 

___ Feijão preto, com tempero de “Louro”...

 

CONFUSÃO OU SEM FUSÃO

Enquanto a reforma política continua em banho-maria, políticos acenam com revoada partidária, e criação de novas siglas. Se é pra melhor, ou pra pior, a gente nunKASSAB. Ante a possibilidade de o governador Colombo mudar de partido, já tem muita gente sassaricando na porta do Colombo.

 

ORDEM DO DIA

Acabar com a coligação partidária já!

 

ENQUANTO ISTO, NA TERRINHA...

Aumenta o número de candidatos a candidatos à Prefeitura de Laguna. Pelo PMDB já temos Antônio e Everaldo dos Santos e Tono Laureano. Leca Barzan é outro nome que começa a ser ventilado. Antônio é presidente do Diretório do PMDB e consta ter a maioria para indicar o candidato do partido. Tono, conta com apoio do deputado federal Mauro Mariani, de Ada de Luca, deputada estadual e de Walmor de Luca ex-presidente da Casan (tá mal de padrinhos). DEM – J. Raulino, radialista Barreiros e Orlando Rodrigues colocam seus nomes à disposição do partido que, aliás, anda mal das pernas. Cleosmar Fernandes é candidato pelo PR. Nazil Bento, ex-prefeito, é nome forte do PSDB. No PP Fernando Lopes, vice-prefeito, está na muda, embora alguns garantam que ele continua firme, no “Posto”.

Prefeito Célio (PT) dono da máquina administrativa continua prestigiando o nome de seu assessor Jefferson Crippa enquanto a vereadora e secretária da Saúde, Tanara (PT) continua devotando toda a sua atenção a melhoria das condições de Saúde da população. Será candidata?

 

FOFOQUINHA

Dizem que a maioria desses candidatos à prefeitura, sonha em disputar o pleito, como Vice do candidato apoiado pelo prefeito Célio Antônio.

 

Perguntinha aos candidatos: 

___ Vocês sabem, enquanto está orçada uma campanha de eleição à Prefeitura, em nosso município?.

 

O ROMÂNTICO

Final da década de 60. O “calhambeque” do Roberto Carlos, ainda corria pelas curvas da estrada de Santos, mas ele continuava a esperar sentado, a beira do caminho. Nos bailes, o “iê,iê,iê” agitava a galera. O “rock” da Cely Campello comandava a rebeldia, na moda e no comportamento dos jovens, mas o romantismo não morrera. A banda dava um breque na agitação quando ele, que ainda tinha cabelos, pegava o microfone e cantava a música de sempre: Sentado a beira do caminho. Um sucesso nas noites dançantes. “Eu não posso mais ficar aqui/ a esperar/ que um dia, de repente você volte para mim. Estou sentado a beira de um caminho que não tem mais fim/ Onde a saudade de você, ainda existe”. Era o romântico Sérgio Castro (proprietário, atualmente, da “Casa dos Presentes”) soltando a sua voz a beira do caminho, até que encontrou a Ana Lúcia, de “biquini amarelinho”.

Diante da calvície assumida do marido Sérgio, Ana Lúcia já não pode mais cantar, do repertório do Rei Roberto Carlos, a música “Debaixo dos caracóis do teu cabelo”.

 

SUSPENDE O MILAGRE

Semana passada, escrevi, dizendo que a iluminação da praça da Matriz S. Antônio havia sido restaurada. Mentira! Agora, são sete postes, totalmente, no escuro.

Detalhe: é cada vez maior o número de desocupados naquele local, assediando a todos que passam por ali.

 

LIXO

Vereadores preocupados com a coleta do lixo. Lixo está o prédio do GE Jerônimo Coelho, Centro Histórico, escola onde alunos estudam em tempo integral. Levem o governador Colombo, até lá.

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!