Comunidade (06nov10)

04/11/2010 20:39

 COSTELA DE ADÃO

Do livro do Gênesis (2.1.25) __ O Senhor Deus disse “não é bom que o homem esteja só; vou dar-lhe uma ajuda, que lhe seja adequada...”. Então, Deus mandou ao homem um profundo sono; e enquanto ele dormia tomou-lhe uma costela, e fechou com carne o seu lugar. “E, da costela que tinha tomado do homem, o Senhor Deus, fez a MULHER...”.

“Costela-de-adão” (monstera deliciosa) é, também, uma planta ornamental cujos frutos comestíveis eram muito apreciados pela princesa Isabel, filha do Imperador Dom Pedro II. Não confundir com “banana de macaco”, semelhante a “costela-de-adão”, mas que é extremamente tóxica.

 

Ungida pelas urnas, Dilma Rousseff é eleita presidente da República Federativa do Brasil. Seria a criatura, superando o criador? Para uma sociedade machista e preconceituosa, Dilma não passa de uma costela de Adão (Lula) ligadíssima ao presidente e que, dificilmente, conseguirá cortar esse cordão umbilical. Será?

No primeiro pronunciamento, a presidente eleita apresentou-se como “Dilma paz e amor,” enquanto as sombras se moviam nos bastidores, em busca de seus espaços. Lula, o padrinho, Temer, o vice, e porta-voz do PMDB; Sarney, o bigode imortal, Palocci, eminência parda e José Dirceu (Rasputin ou Machiavel?).

Para vencer uma batalha eleitoral, todos prometem o paraíso, embora saibam que, se eleitos, precisarão lidar com a insidiosa serpente, ou acabarão sendo expulsos do Jardim do Éden. Nos dois meses que antecedem a posse de Dilma, muito se há de especular, que tipo de mulher governará o país? Teremos a Dilma, costela-de-adão, apenas, ornamental, ou a outra costela, conhecida como “banana de macaco”, aquela que afugenta os mordedores com sua alta carga tóxica? É aguardar, para ver!

No Rio Grande do Sul que elegeu o petista Tarso Genro, a preocupação está diante da churrasqueira, temem que a valorização da costela possa inflacionar o churrasco de domingo.

 

DINHEIRO ENTERRADO

Quem já não sonhou ter encontrado um panelão, com um tesouro em algum casarão do século passado? Nos últimos dias de campanha foi distribuído um panfleto em que se demonstrava a quantidade de dinheiro investido na Laguna, durante a “era Lula”. Cerca de 35 milhões de reais. Quanto desse montante, teria sido enterrado, nas obras do molhe sul?

 

MUDANÇAS

Com a vitória de Raimundo Colombo (DEM) e do vice-Eduardo Moreira (PMDB), são esperadas mudanças nas Secretarias e diretorias das estatais catarinenses. A troca de Secretário da 19ª SDR, da região de Laguna não é, apenas, uma necessidade, mas uma questão até, ecológica: reoxigenação do clima reinante. Na terrinha, já começam a pipocar alguns nomes de possíveis candidatos ao cargo de Secretário. O grupo de Antônio dos Santos (presidente local do PMDB) irmão do vereador Everaldo, quer emplacar o nome de Caporal. Felipe Remor confia no aval de Eduardo Moreira, enquanto o ex-prefeito de Imbituba Osny Souza, também, estaria de olho no cargo.

Sandro Cunha, Tuba e Beto Martins, do PSDB? Vão ficar chupando o dedo? E, DEM, partido do governador deixará a indicação por conta do vice? Nelson Mattos, amigo dos caciques do DEM não aceitaria um apelo da cúpula?

Quando acontece uma mudança de governo, sempre, se nomeia uma equipe encarregada de preparar a transição. No caso da Secretaria Regional da região de Laguna, poderiam nomear a dupla Flávio Bergler e Edésio Joaquim. O radical e o moderado. Um morde e o outro, assopra. A instauração de inquérito administrativo não estaria descartada. Dizem...

 

CENTENÁRIOS

Além dos 100 anos do Colégio Stella Maris, assunto a que voltaremos em outra oportunidade, temos também o centenário de fundação da igreja do bairro de Magalhães, atualmente Matriz de N.S. dos Navegantes. Eu nunca fui um freqüentador assíduo das missas ou cultos religiosos, porém gostava de acompanhar procissões, por tudo que elas representam como manifestações de fé e de folclore. No bairro, além da festa de N. S. de Navegantes que se caracterizava pelo foguetório, patrocinado pelos armadores e comandantes dos navios, tenho forte lembrança das procissões de São Pedro e de São Sebastião, que passavam pela Rua Custódio Bessa, onde morávamos. Uma pergunta: A imagem de São Sebastião era belíssima. Por onde andará?

 

A CHAVE

Após um estafante dia de trabalho e um périplo pelas feiras e supermercados, o cidadão ou cidadã, com inúmeras sacolas penduradas no braço, se posta diante do carro, e procura a chave do veículo. Não a encontra. Revista tudo. Nada!Uma chuva fina começa a cair. Em que local teria esquecido o molhe de chaves?

Manhã de sábado. Início do feriadão. O doutor Roberto, fisioterapeuta chegou até a área externa da Pizzaria Chedão e depositou as sacolas sobre as cadeiras. Parecia atucanado (e não era por causa da derrota do Serra).

___ Não encontro as chaves do carro. Telefonei para os locais por onde andei e ninguém viu chave nenhuma.

___ Teria ficado dentro do carro? Chede providenciou um metro de linha de nylon com anzol, e lá foram eles, tentar destravar a porta.

Em volta do carro aumenta o número de curiosos, e o de palpiteiros, também... Cada qual com uma solução hipotética.

Por sorte, passava pelo local, Marcos, o chaveiro. Examinou o “paciente,” anotou a idade e sua origem, e deu o preço da operação: CR$ 20,00. Foi até sua oficina e retornou com uma chave-mestra. Em exatos 5 segundos, cronometrado pelo garçom Jorge, a porta foi escancarada.

Aliviado, ao sentar-se para uma rodada de Skol conosco, ajeitou a sacola com flores, e viu a chave, dentro do copo de leite. Coisa do capeta ou do estresse do cotidiano? Toda pessoa deveria fazer um curso de chaveiro, para o caso de São Pedro perder a chave do céu logo no dia da sua chegada...

 

A REPÚBLICA

O espetáculo a “República em Laguna” voltará a ser encenada, este mês, nos dias 18, 19, 20, 21 e 25, 26, 27, 28. Este ano, a arena está sendo montada nas dependências do Porto Pesqueiro. Se não me engano, é a quarta mudança de palco. Ainda tenho esperança de que esse excepcional evento histórico, cultural e turístico ainda volte a ser encenado, ao lado do mercado público, tendo como cenário a lagoa Santo Antônio dos Anjos, e o charme da doca.

Anita Garibaldi faleceu em 4 de agosto de 1849. Nessa época do ano Estrelas cadentes são comuns, em Ravena, Itália. Entre o povo da região, muitos juram que, na exata hora da morte de Anita, um bólido imenso, cor de sangue, percorreu o céu e mergulhou no mar. Uma lenda que, com ajuda de efeitos especiais poderia causar um forte impacto entre os espectadores da “República”.

 

ASTRONOMIA ERÓTICA 

Já que falamos em fenômenos celestes, relembremos um fato que pode ser considerado um caso típico de discriminação cósmica. Vejamos o caso de Plutão. Para alguns cientistas é um planeta, enquanto outros o consideram, apenas, o principal asteróide do cinturão, em torno de Netuno. Portanto, como planeta, Plutão ainda não é assumido, e sua vida pregressa é Nebulosa. Fofocas, que circulam pela Via Láctea, afirmam que o Buraco Negro de Plutão tem atraído jovens Cometas que passam a circular em sua órbita. Enciumados, outros corpos celestes estariam programando uma nova edição de “guerra nas estrelas”, com estréia marcada para as próximas luas. O sol é para todos.

 

A RESSURREIÇÃO DO BURACO

O jornal “A Critica” publicou uma foto artística do Buraco do Calçadão do Centro Histórico. No dia seguinte, alguém colocou uma frágil tampa sobre ele. Autêntico “tapa-buraco”. Pois bem, esta semana, alguma coisa passou sobre ele, e afundou a tampa. O buraco voltou! Acho que ele merece outra foto, de primeira página.

No calçadão temos um banco e duas financeiras que trabalham com empréstimos consignados. Quem tal enfiar, (no buraco) um boneco (garoto propaganda) com a frase: Procure nossa loja, faça um empréstimo e SAIA DO BURACO!

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!