Fim de semana de definições de candidaturas ao governo do Estado

25/06/2010 16:57

 O fim de semana será marcado por decisões dos partidos políticos de Santa Catarina para a escolha de seus candidatos às chapas majoritárias e proporcionais das eleições do próximo mês de outubro e tem tudo para definir o quadro de candidaturas e delinear o cenário das coligações partidárias. PMDB, Democratas e Partido Progressista realizam convenções para escolha de seus candidatos e decisões sobre alianças. Os demais partidos marcaram suas convenções para o dia 30 de junho, último prazo da lei eleitoral. O PMDB, maior partido político de Santa Catarina, vai para a convenção estadual, amanhã, envolvido numa das maiores crises de sua história. E sem saber qual o desfecho do encontro. Ontem (25), às 17h, terminou o prazo para inscrições dos candidatos. A Executiva Estadual atendeu pedido do deputado Mauro Mariani e adiou o prazo de registro de chapas. Edison Andrino estava inscrito para o governo, e João Matos, para vice, enquanto Luiz Henrique e Paulo Afonso, para o Senado. Saindo de chapa pura, na convenção deste sábado (26), das 9 às 15 horas, no Ginásio do SESC, bairro Prainha, a surpresa poderá ser uma mulher para compor ao governo como vice. A disputa está entre a deputada estadual do Sul, Ada de Lucca e a ex mulher do prefeito da Capital, Dário Berger, Rose Bartchinski. Há dois fatos que demonstram a disposição de Luiz Henrique de lutar até o final pela aliança do PMDB com o DEM, mantendo o acordo para apoiar o senador Raimundo Colombo. Primeiro, o ingresso de ação cautelar com pedido de liminar na 5ª Vara Cível de Brasília para evitar a intervenção do Diretório Nacional aqui em SC. Segundo, a declaração de que vai defender a aliança na convenção. Até o final da tarde de ontem (25) ainda existiam dúvidas quanto à disputa ao governo pelo deputado federal Mauro Mariani, que ameaçava desistir da inscrição. Neste caso, Paulo Afonso poderia pedir o registro. Os líderes do DEM estão certos de que prevalecerá a coligação com o PMDB. O quadro mais tranqüilo é o dos Progressistas que definiram Ângela Amin como a candidata e aguardam a manifestação do PDT para compor a aliança. Só que nesta semana, o presidente estadual da sigla, Manoel Dias, teve encontro com a senadora Ideli Salvati e pode declinar do convite do PP. O PT e o PSDB marcaram suas convenções para a próxima quarta-feira (30). Pelo lado dos tucanos, o governador Leonel Pavan não descarta a possibilitar de concorrer podendo ter César Souza de vice e Paulo Bauer para o Senado da República. Pelo lado do PT, Ideli Salvati garantia a sua candidatura até ontem à tarde. O PPS também aguarda até o dia 30 para ver o rumo das convenções dos futuros aliados e pode compor com o DEM, como acontece em âmbito nacional.

Presidente do PTC, Elpídio Neves, convocou convenção estadual para o dia 30, no Hotel Blue Tree, na Capital. Ele está disposto a concorrer, outra vez, ao governo do Estado. Até agora não recebeu convite para nenhuma coligação.

Ação cautelar do PMDB - A ação cautelar com pedido de liminar impetrada pelo diretório estadual do PMDB contra o diretório nacional está tramitando na 5ª. Vara Cível de Brasília. Leva o número 2010.01.1.104671-0. Foi protocolada na tarde de quinta-feira, confirmando a informação do advogado João Linhares. O procedimento é sumário. Às 16h45min já estava concluído para despacho. O pedido de liminar procura garantir autonomia da convenção estadual deste sábado e impedir qualquer ato de intervenção do diretório nacional. O advogado João Linhares, que acompanha a questão jurídica, explicou que a tese principal é da “interna corporis”, isto é, a Justiça só interfere nas questões partidárias quando há afronta à lei.  A Constituição de 1988 garantiu plena autonomia aos partidos políticos, alega.

Renúncia – No auge da crise com o Diretório Nacional do PMDB, Eduardo Moreira, alvo das principais críticas do presidente Michel Temer, chegou a admitir renúncia da presidência se tivesse de atender as exigências do PT nacional. Classificou a ameaça de intervenção de “ato truculento, prepotente e arrogante do PMDB nacional”.

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!