Greve dos bancários continua em Tubarão e região

01/10/2010 19:21

 

Pelo menos 450 bancários fecharam a sexta-feira (01) de braços cruzados em Tubarão e região. A greve que começou na quinta-feira (30) deverá começar a semana provavelmente sem nenhuma solução definitiva ou próxima dos interesses defendidos pelos lideres sindicais. O presidente Armando Machado Filho do Sindicato dos Bancários de Tubarão e região disse ontem ao final da tarde ao Jornal A Crítica que os bancos não fizeram novas propostas e que a paralisação deve continuar por tempo indeterminado. O atendimento nas agências do BB e Caixa, inexiste. O Real voltou a trabalhar ontem, mas o Santander permanece paralisado. Para Armando,  os bancários pedem 11% de reajuste e a classe patronal acenou com apenas 4%. Ele disse que o Banco de Brasília concedeu 12%, bem mais que o valor que vem sendo reivindicado pelos bancários daqui.  Ao todo são 100 clausulas reivindicatória, sendo que além do reajuste, os empregados também pedem a participação nos lucros. Na próxima segunda-feira (04), na sede do Sindicato em Tubarão, às 17 horas, haverá nova assembléia para a deliberação de assuntos gerais, como o seguimento da greve. Machado acredita que a parada não vá ser longa, mas alerta para a ampliação do quadro de protestos, caso os bancos não acenem com propostas condizentes.   

Dr. Armando Machado Filho é presidente do Sindicatos dos Bancários de Tubarão e região

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!