Morre o advogado Alexandre Heleodoro

11/02/2011 19:40

Na foto aparecem Dr. adilcio Cadorin, o Dr. Alexandre Heleodoro, o Dr. Lucas Cadorin e o Dr. Vanderlei Scopel, membros de uma equipe de oito pessoas que trabalhavam juntos na empresa Cadorin Scopel & Advogados Associados 

 

Depois de uma luta sem trégua contra o câncer, faleceu na última quinta-feira (10), no Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão, o advogado Alexandre Heleodoro. Os atos fúnebres foram realizados em Laguna, com missa na Matriz Santo Antonio dos Anjos.

Alexandre, conhecido também pelos amigos por Xaveiro, antes da enfermidade trabalhava com o ex-prefeito Adilcio Cadorin, com quem também foi Procurador do Município de Laguna em seu governo e atuou na assessoria jurídica da Prefeitura Municipal de Capivari de Baixo entre os anos de 2005/2008. A morte de Alexandre sensibilizou a classe jurídica e, principalmente os seus amigos e pessoas com quem detinha relações mais próximas. Um dos mais emocionados foi o advogado e ex-prefeito de Laguna, Adilcio Cadorin. “O Alexandre foi um brilhante advogado. Estava trabalhando comigo desde muitos anos, antes ainda de sua formatura. Foi um discípulo que se tornou meu mestre, meu advogado, meu confidente, meu amigo, meu parceiro e meu sócio. Minha companheira Ivete, meus filhos e eu o considerávamos como integrante de nossa família. Grande conhecedor do direito, inteligente, dedicado, persistente e fiel servidor das causas que lhe eram confiadas, sabia como ninguém encontrar os caminhos e expor o direito que necessitava ser tutelado. Valente guerreiro das causas que junto abraçamos, como uma criança, vibrava com nossas vitórias, mas sabia ser altaneiro e solidário em nossas derrotas. Foi um filho exemplar do casal Lúcio e Lúcia, que têm justificado orgulho pelo filho que geraram. Para sua esposa Patrícia, será eternamente insubstituível, pois foi-lhe fiel, solidário e dedicado chefe desta família, que rendeu dois preciosos frutos de seu amor. Foi um dedicado e zeloso pai que, mesmo com sua humildade e simplicidade, não conseguia esconder o orgulho que saltava de seu rosto quando falava ou estava junto com suas pequenas filhas Izadora e Beatriz. Seu comportamento familiar serviu-nos de exemplo, pois soube como poucos preservar a união, a moral e os valores da sua família. Sua paixão e amor por sua cidade - Laguna, o tornaram um modelo de cidadão preocupado com sua história e costumes, sempre disposto a intervir quando algo negativo acontecia com sua terra natal. Minha família, nosso escritório, seus pais, sua esposa, suas filhas e a Laguna perdeu um filho ilustre, probo, íntegro, mas todos nós ganhamos uma grande estrela, que do firmamento continuará a advogar a causa do bem e de lá irá nos proteger e inspirar para continuarmos aqui vivendo com os mesmos princípios que nortearem o comportamento e as ações deste grande homem e advogado”, manifestou-se emocionado.

Advogado e ex-prefeito de Laguna, Adilcio Cadorin: “O Alexandre foi um brilhante advogado. Estava trabalhando comigo desde muitos anos, antes ainda de sua formatura”

 

 

Advogados Clésio Moraes e Amarildo Melo consternaram-se com a perda

 

O advogado Clésio Moraes, de Tubarão, com quem freqüentou os bancos acadêmicos, também sentiu muito o passamento de Alexandre Heleodoro e relembra os momentos em que conviveram. “Infelizmente, recebi a noticia do falecimento do nosso amigo Alexandre Heleodoro. Quem conheceu Alexandre, a quem apelidamos de “Xavero” sabe a pessoa amiga que sempre foi. Na faculdade de Direito em 1994, tivemos a honra de viver aqueles áureos anos, onde ele vinha todos os dias para as aulas de ônibus na caravana de Laguna, sentando ao fundo, pouco ou quase nada escrevendo, porém sempre garantindo belas notas. Ainda lembro das Olimpíadas de 1996, quando o Brasil ganhava da Nigéria por 3x1, e que acabou perdendo na morte súbita. Todos chegamos a aula muito tristes, eu, Charles, Mumú, Edésio, Fabio e Xaveiro, e, praticamente, toda aula comentando isso. Quantas partidas de pacau no Bar do Binho. O que dizer do episódio da Costa da Lagoa, véspera das fotos de formatura, quando voltei com o Maycon, o Mumu retornando com o Fabinho, e o Edésio veio só, com o Xavero ficando a pé com o Charlita. Foi muito engraçado. Tive a honra de poder trabalhar ao lado dele no município de Capivari de Baixo nos anos de 2005/2008 e também voltar a estudar com ele na pós- graduação, onde curtimos parte da Copa de 2006, assistindo jogos aos sábados, no Praça Shopping. Boas lembranças que ficarão para sempre em nossa memória”, destacou. O advogado Amarildo Melo, também amigo de Xaveiro, enviou suas condolências ao colega Adilcio Cadorin. “Solidarizo-me com o passamento do nosso colega Alexandre. Permita-me fazer minhas as palavras do valoroso colega que permitiu que Alexandre, ao seu lado, caminhasse e tivesse a vida inspirada na sua. Permita-me ainda levar meu fraterno abraço de solidariedade nesse momento de dor para todos. Rezarei por vocês e em especial pelo colega que partiu e, por certo, os céus estarão mais enriquecidos com a presença de sua alma”, manifestou consternado

Advogado, Dr. Clésio Moraes: “Tive a honra de poder trabalhar ao lado dele em Capivari de Baixo nos anos de 2005/2008 e também voltar a estudar com ele na pós- graduação”

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!