Prefeitura de Capivari de Baixo quer municipalizar a gestão de águas

09/07/2010 21:32

Em muito breve a administração do abastecimento de água no município de Capivari de Baixo deve ser feita pela prefeitura. A falta de investimentos por parte da Casan levou o prefeito Luiz Carlos Brunel Alves a romper o contrato com a empresa estatal e já foi dada entrada na Justiça a petição, no início desta semana. Essa decisão também trouxe consequências para o governo já que o vereador da base, Fernando Oliveira da Silva, chefe da agência da Casan local passou a compor com a oposição e votar contra projetos do Executivo. Brunel afirma que a entrada dessa petição no Fórum da Comarca para romper o contrato é uma medida preventiva. “O Ministério Público tem impetrado ações em vários municípios contra os prefeitos pela falta de investimentos em tratamento de esgotos. Aqui temos o mesmo problema, pois a Casan não recolhe e nem trata e a água que é captada vem da Águas de Tubarão. Na verdade, estamos preocupados é com a qualidade de vida da população. Não queremos prejudicar quem quer que seja. Vamos discutir ainda qual será o melhor modelo de gestão se é um Samae ou até mesmo uma concessão”, observou o chefe do Executivo capivariense. Por outro lado, Fernando de Oliveira Silva, informa que a Casan já havia projetado investimentos no município e ficou surpreso com a decisão do prefeito Brunel em buscar o cancelamento do contrato. “Já havia a previsão de investimentos em saneamento a partir do próximo ano. Seria algo em torno de R$ 18 milhões. Há alguns dias apresentamos um plano para o prefeito onde está à construção de uma ETE – Estação de tratamento de Esgoto e uma ETA – Estação de Tratamento de Água e, inclusive, vendo as possíveis áreas onde poderiam ser instaladas. Nos pegou de surpresa. Se houver municipalização os nossos funcionários poderão ser até demitidos ou transferidos. Está sendo criado mais um problema”, argumentou o chefe da agência da Casan. A Justiça tem prazo de duas semanas para se pronunciar sobre o caso.

(Brunel) Prefeito Brunel: “Aqui a Casan não recolhe e nem trata e a água que é captada vem da Águas de Tubarão”

 

(Fernando) Vereador Fernando da Casan: “Já havia a previsão de investimentos em saneamento a partir do próximo ano. Seria algo em torno de R$ 18 milhões”.

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!