Unimed de Tubarão patrocina clube de Imbituba. Falta de apoio também pode influenciar negativamente em campanhas de clubes locais para subir para a série A

19/11/2010 18:32

 A falta de patrocínio ou apoio financeiro aos clubes que representam Tubarão no futebol, em busca da tão sonhada vaga para as disputas do campeonato estadual pode ter influenciado nos resultados. A expectativa do Atlético Tubarão caiu por terra ao ser derrotado em campo diante do Concórdia na última quarta-feira (17) e agora resta o recomeço. Presidente do Clube espera maior atenção do empresariado local para a próxima temporada. Tanto o Hercílio Luz, que morreu na praia, na primeira fase do estadual da segunda divisão quanto o Atlético Tubarão, que chegou ao quadrangular final, mas ao ser derrotado nesta semana deu adeus ao sonho de retornar ao campeonato estadual deste ano, necessitam de apoio de empresas locais para dar satisfação aos seus torcedores. Mas, o que se tem visto são empresas radicadas em Tubarão apoiando clubes de outras cidades em detrimento às pratas da Casa, a exemplo da Unimed - Tubarão que, desde quarta-feira (17) começou a apoiar o Imbituba FC na temporada 2011. Esse termo de parceria foi assinado entre a direção da Unimed Tubarão, representado pelo seu presidente e vice, José Paulo Fontes Martins e Fernando Wagner, e pelo presidente do clube, Roberto Luiz Rodrigues. Pela parceria, o Imbituba FC passa a utilizar a marca Unimed em seu uniforme oficial estampada nos calções e camisetas dos atletas, além de ter nas partidas realizadas em seu estádio, uma ambulância da cooperativa médica e placas padrão da Unimed. Para o presidente do Imbituba FC, Roberto Luiz Rodrigues, a parceria com a Unimed representa um estímulo ao clube.  “A Unimed é uma marca que agrega valor, com credibilidade no que oferece e certamente isto terá um efeito positivo para todos que formam a equipe do nosso time”, ressalta. Ainda para ele, este apoio da Unimed mostra que o Imbituba está no caminho.  “Vamos responder a esta confiança, buscando mostrar um bom futebol”, avalia. Já o presidente do Atlético Tubarão, Dorli Rufino Fernandes, o "Lico", mostrou-se triste em não conseguir cumprir a meta do clube em retornar à primeira divisão e promete, já a partir de janeiro, montar uma equipe mais competitiva e acredita no apoio dos empresários locais. "Infelizmente perdemos a chance na quarta-feira de disputarmos o estadual, cujas vagas ficaram para o Concórdia e Marcílio Dias. É necessário recursos para montarmos uma boa equipe e que seja competitiva e por isso precisamos de apoio", observa. Ele disse que esperava que a Unimed fosse a patrocinadora do clube em caso de ascensão à primeira divisão, embora a empresa disponibilizasse nos jogos uma ambulância e R$ 1.500,00 mensais de ajuda. "Infelizmente, os patrocínios são prioridades para clubes que disputam a série A", ressalta. O presidente do Hercílio Luz, Wamerson Wiggers, procurado pela reportagem não quis se manifestar sobre o assunto.

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!