25jul15 - Tubarão: Dúvida cruel - Ponte de Congonhas sem data de conclusão?

24/07/2015 11:41
Mesmo o governo do estado pagando religiosamente a Construtora Orbam, como afirmou na semana passada o Secretário de Desenvolvimento regional de Tubarão, Caio Tokarski, os vereadores parecem não acreditar que a conclusão dos trabalhos da Ponte de Congonhas, que faz divisa entre Tubarão e Jaguaruna, ocorra até o dia 30 do corrente, como o previsto. Caio revelou em entrevista que ao menos um dos acessos de terraplanagem terá que estar concluído para colocarem o asfalto na edificação. De outro lado o prefeito de Tubarão, Olávio Falchetti, afirmou que tem que esperar a construtora Orbam encerrar as suas atividades para depois a prefeitura iniciar os trabalhos de aterro. O radialista Paulo Garcia, suplente do PPS na câmara, solicitou na sessão de segunda-feira (20) ao presidente do legislativo, Jairo dos Passos Cascaes, que determine a formação de uma comissão composta por três vereadores e encaminhe convite ao Secretário de Desenvolvimento Regional Caio César Tokarski, para efetuarem uma visita nas obras da Ponte de Congonhas como forma de averiguar em que fase se encontra. Garcia não acredita nas informações passadas sobre a data de entrega da obra. Diz que são respostas desencontradas. Já o vereador Zaga Reis (PP) defende que também teria que ser convidado o secretário de Infraestrutura de Tubarão, Nivaldo Tonelli. “Agora o que me preocupa é a questão “em agosto vai ser entregue a obra” e a gente sabe que não vai ser. Então que se defina uma data. Porque tem uma placa lá na ponte que diz “a obra começaria em junho de 2014 e seria entregue em dezembro de 2014”, estamos em julho de 2015, então já tem muito tempo que a obra deveria ter sido entregue. O que eu quero é que os vereadores compareçam ao local junto ao secretário e digam assim: “a ponte vai ser entregue em dezembro”. Não fique antecipando prazos que não vão ser cumpridos”, disse o radialista Paulo Garcia. “Quanto à cabeceira da ponte no lado de Tubarão, eu ouvi do prefeito municipal e do secretário Nivaldo Tonelli, que é preciso terminar a parte estrutural da ponte para depois começar a cabeceira pelo lado de Tubarão. Pelo lado de Jaguaruna já começou, eu estive lá e percebi. Tubarão não. A informação que nós temos é que a empresa teria que terminar parte da obra pra depois começar a parte aqui de Tubarão em relação à cabeceira. A informação que eu tenho é que a empresa retira alguns equipamentos que estão lá e que, se for o caso, a cabeceira pode ser construída já pelo lado de Tubarão também. Então não tem porque ficar atrasando. Esperar que seja entregue toda aquela estrutura da parte de cima, para depois iniciar a construção da cabeceira. Nós temos que agilizar. Se entregar essa parte de cima lá pelo mês de outubro, a gente sabe que a cabeceira também demora um pouco. Se a prefeitura de Tubarão tiver interesse, já pode começar a construir a parte da cabeceira”, orienta o edil. Gilson Paes, o Chumbinho, também deu seu parecer sobre o assunto: “Nós inclusive trouxemos um secretário de obras aqui, mas não deu resposta. Então eu quero fazer parte dessa comissão de três vereadores, mas tem que levar também o secretário de infraestrutura e o proprietário da empresa para nos dar explicação do porquê ela está parada, já que dia 12 de julho toda a estrutura de cima estaria pronta e aí já começaria a fazer a parte de baixo que é a cabeceira”, finalizou.  As cabeceiras, obras necessárias para dar vazão ao trânsito estão orçadas em aproximadamente R$ 90 mil reais para ambas as prefeituras. No município de Jaguaruna a obra já está sendo realizada. Já no lado da cidade de Tubarão a obra da cabeceira ainda não foi iniciada devido ao pátio de obras da empresa construtora da ponte ainda estar no local. 
 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!